Na cerimónia que comemorou os 42 anos de existência do SEF - Serviço de Estrangeiros e Fronteiras - foi apresentada a nova funcionalidade do passaporte eletrónico português.

Foi também entregue à secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, um Passaporte Eletrónico Português (PEP) com a vinheta em braille. A secretária de Estado saudou esta iniciativa "em que uma vez mais Portugal foi pioneiro".

"Pequenos passos como este vão permitir às pessoas mais e melhor autonomia", disse Ana Sofia Antunes sobre esta medida inovadora. O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, afirmou que há vários países que estão a trabalhar neste projeto, mas Portugal foi o primeiro país europeu a ter o passaporte com este tipo de grafia "em pleno funcionamento".

Durante a cerimónia, foi lançado o novo portal do SEF, uma ferramenta digital com novos serviços online, como o pedido de certidão e pedido de segunda via do título de residência, sendo também apresentados publicamente os portais ARI (dos chamados ‘Vistos Gold’) e SAPA (Sistema Automático de Pré-Agendamento), que visam facilitar os processos se pedidos de autorização de residência tradicionais e para investimento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.