Subir aos céus com o balão de ar quente

Se a ideia for ser radical, mas com alguma calma, andar de balão é o ideal. Não é próprio para quem tem vertigens. Ou até pode ser, se quiser ultrapassar medos e barreiras. No Alentejo, mais especificamente em Évora, Beja e Castro Verde, é possível ter esta experiência, que normalmente é feita em grupo e com algumas regras muito específicas. Dependendo da altura do ano, os voos são feitos ao nascer ou ao pôr do sol, e assim é este o rei que dita as normas.

Disparar com bolas de tinta

Para descomprimir e ideal para fazer com um grande grupo de amigos, é o paintball. Para jogar são precisas duas equipas e depois é correr na hora dos disparos ou esconder-se e disparar. Quem sair de campo mais pintado é sinal que não se protegeu o suficiente. Alguns sítios recomendados para esta prática são Sintra, Albufeira ou Palmela. Mas existe um pouco por todo o país, de Norte a Sul.

As melhores praias em Portugal para aprender a surfar
As melhores praias em Portugal para aprender a surfar
Ver artigo

Surfar pelo país fora

O mar também pode ser o sítio indicado para descomprimir e o surf o melhor aliado para quem quer descobrir como manobrar alguns medos. É possível praticar em qualquer altura do ano, mas para saber qual o melhor spot basta consultar uma das plataformas online que indicam a qualidade do mar para esta prática. Ao longo da Costa Vicentina são muitas as praias que ficam cheias de surfistas, mas a Arrifana enche as medidas dos mais apaixonados.

Mais ao centro, na Ericeira, são muitos os praticantes e os turistas que chegam exclusivamente para surfar – a praia de Ribeira d’Ilhas, por exemplo, é indicada para esta prática e costuma fazer parte dos circuitos das provas internacionais de surf. E a cereja no topo do bolo, não só para quem pratica mas também para os olheiros, é a Nazaré, localidade conhecida internacionalmente pelas maiores ondas e pelo famoso canhão da Nazaré, que atrai muitos experts deste desporto.

Escalar as serras de Portugal

Para os fãs de alturas, a escalada é um dos desportos favoritos. Um pouco por todo o País existem sítios que reúnem todas as condições de segurança para praticar. É preciso algum nível de aventura e o acompanhamento certo, tanto para iniciantes como para os mais experientes. Algumas serras são muito conhecidas como sendo os locais apropriados para a modalidade, por tudo o que já foi mencionado e pelas paisagens de cortar a respiração. São exemplo disso a Serra da Arrábida, a Serra da Estrela e a Serra de Montejunto.

Descobrir a costa litoral de parapente

Se quisermos apanhar ar e voar pelas incríveis vistas nacionais, temos a hipótese de fazer parapente. Muitas vezes confunde-se com paraquedas, mas são dois desportos diferentes, principalmente na hora da descolagem. Enquanto o parapente precisa de um local fixo para iniciar o percurso, normalmente o paraquedas começa com o salto de um avião. O parapente rege todo o voo pela direção do vento, por isso é conhecido como uma das modalidades de voo livre e, quase sempre, implica a existência de uma encosta. A Costa da Caparica é um dos sítios que reúne as condições para a prática deste desporto, juntamente com as zonas de Santa Cruz e de Sesimbra.

Existe muita oferta para a prática de desportos radicais em Portugal. Aquilo que é preciso é juntar uma boa dose de adrenalina, seguir as instruções dos profissionais mais competentes e as condições de segurança para conseguir as melhores experiências.

Fonte: momondo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.