Foi a 06 de outubro de 2010 que dois americanos, Kevin Systrom e Mike Krieger, lançaram o Instagram, uma rede social dedicada à partilha de fotos. A nova aplicação oferecia filtros para ajustar o brilho, o contraste e a cor de forma a conseguirmos criar a foto perfeita num instante.

A rede social conquistou depressa utilizadores de todo o mundo e, dois anos após ser lançada, foi comprada pelo Facebook. Em 2012, o Instagram era o sítio online onde todos partilhavam selfies. Exposições, jantares, nos transportes públicos ou nas férias, todos os cantos serviam de cenário para tirar uma selfie.

Atualmente, o Instagram é mais do que um lugar onde se partilham auto-retratos. É um lugar onde influenciamos e deixamo-nos influenciar através de imagens e vídeos. Não é à toa que empresas e outras instituições de turismo se associam a “Instagramers” para promoverem eventos, restaurantes, destinos e hotéis.

Entre os perfis dos amigos que “estão sempre a viajar”, dos viajantes profissionais e de destinos, é fácil encontrar nesta rede social motivação e inspiração para viajar. É provável que o Instagram nos influencie mais na escolha do nosso próximo destino de férias do que as agências de viagens e a publicidade mais tradicional.

Eis as tendências de viagem que tem ajudado a crescer:

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.