Lugar emblemático do Porto, os Jardins do Palácio de Cristal convidam a um passeio demorado nesta fase de desconfinamento. Florido e bem cuidado, o espaço recebeu-nos numa sexta-feira de sol. Mas o nosso destino era outro.

No lugar do que antes era um Palácio de Cristal de ferro e vidro – do que só restou o nome –, o Pavilhão Rosa Mota destaca-se com a sua cobertura verde semicircular, pontuada pelos 768 óculos, tapados desde a última renovação do edifício, concluída em 2019. E é para lá que seguimos, mais precisamente para a porta 3. Mas não vamos assistir a um concerto ou participar num evento. Somos recebidos pelos guias do Porto 360 que nos vão mostrar o novo miradouro da cidade.

Esta atração é promovida pela Porto Secret Spots, que também organiza subidas à Ponte da Arrábida e passeios a lugares portuenses menos óbvios.

A visita começa pelo interior do pavilhão, antes de iniciar-se a subida pela parte exterior, numa escada que contorna a cobertura do edifício. A nossa guia, Marisol, ia contando, de forma descontraída, um pouco da história do Palácio de Cristal e do Pavilhão Rosa Mota.

Ao todo são 196 degraus (46 no interior e 150 no exterior) até alcançar o varandim que contorna o topo do edifício. Se ficou assustado com a subida, saiba que não é exigente e que o esforço que possa sentir pelo caminho vai sendo recompensado com as vistas que vamos tendo da Invicta.

Ver o Porto a 360º do alto do Pavilhão Rosa Mota
créditos: Alice Barcellos
Ver o Porto a 360º do alto do Pavilhão Rosa Mota
créditos: Alice Barcellos

O centro histórico, a Ponte D. Luís, o Mosteiro da Serra do Pilar, parte da ribeira de Vila Nova de Gaia e o Douro a correr, brilhante, pelas duas margens coloridas em vários tons de verde por causa da vegetação exuberante desta época do ano.

Ao chegar ao topo, vamos descobrindo a panorâmica da cidade, pontuada pelos seus edifícios mais icónicos, a Câmara Municipal, as torres da Sé, da Igreja da Lapa e do Marquês, o monumento da Rotunda da Boavista e até um pedacinho da Casa da Música.

Depois, o olhar prende-se na Ponte da Arrábida e, a seguir, na foz. A sobreposição da cobertura do edifício, das copas das árvores e do rio a beijar o mar é uma imagem do Porto que fica difícil de esquecer.

Informações úteis:

  • Morada: Rua de Dom Manuel II, Jardins do Palácio de Cristal, Porto; acesso pela porta 3 da Super Bock Arena / Pavilhão Rosa Mota.
  • Preço: 12,5 €  por pessoa.
  • Horário de visita: todas as tardes de 4ª a domingo; consulta o horário atualizado aqui.
  • Duração estimada: 40 minutos; chegar 15 minutos antes da hora marcada para o início.
  • ​Compra antecipada: recomendável, através deste link ou na receção da Super Bock Arena; mas também é possível fazer a visita sem marcação prévia, comprando o bilhete no local.
  • Limite de pessoas por visita: grupos entre 1 e 13 participantes, basta uma pessoa para fazer a visita.
  • Idade mínima: 12 anos; em caso de dúvida, será pedido um comprovativo de idade à entrada.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.