Barbelote está numa encosta muito inclinada, escondida num vale profundo e envolvida por um ambiente absolutamente natural. Talvez por isto foi comprada para um projeto turístico, mas que não se concretizou. Quando a visitei era a base de um acampamento de turistas nacionais.

Barbelote
créditos: andarilho.pt

O casario já está quase todo em ruína, está no alto de uma encosta e acede-se a pé, por um caminho estreito. De carro chega-se apenas à encosta em frente, por uma estrada de terra batida. No vale, entre as duas encostas, há vegetação mais densa e é o leito da ribeira que se vai projetar, um pouco mais adiante, numa cascata que, segundo a informação turística oficial “é, talvez, um dos maiores tesouros da serra de Monchique”.

Barbelote
créditos: andarilho.pt

Marcelino, guardador de vacas, que encontrei no alto da Fóia e que conhece bem o lugar, ajuda a descrever a cascata que “é muito alta. Tem água todo o ano.  Água fresquinha para beber. Nunca seca. Está sempre água a correr da rocha para baixo.  É um ribeirão grande. Há quem almoce por lá e tome banho na cascata. Milhares de gente! A água é fresca, boa. Costumo ir para lá, conheço aquilo tudo. Tenho 150 vacas.”

Barbelote
créditos: andarilho.pt

A cascata é de facto muito alta, com mais de uma dezena de metros. A água despenha-se entre arbustos, numa falha da rocha e provoca um pequeno espelho de água. O lugar é estreito e, junto ao pequeno espelho de água, não conseguimos ver o alto da cascata.

Barbelote
créditos: andarilho.pt

O problema é lá chegar. Deduzimos o local pelo som da água, mas a encosta é muito inclinada e o caminho com pedras é instável. O mais indicado é observar a queda de água a meio da encosta.

Barbelote
créditos: andarilho.pt

Daqui também podemos reparar como a aldeia se encontra localizada no cimo do maciço rochoso que depois se transforma em escarpa. Como se Barbelote fosse a varanda da cascata.

Barbelote
créditos: andarilho.pt

Na serra de Monchique há um percurso pedestre que percorre as três cascatas e a de Barbelote é a de maiores dimensões e com maior probabilidade de ter água durante todo o ano.

Barbelote
créditos: andarilho.pt

É a cascata que dá vida à aldeia abandonada de Barbelote faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho, e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.