A costa do Mar Adriático é o destino mais desejado pelos turistas no que toca à Croácia, mas a capital Zagreb oferece mil e uma razões para, pelo menos, uma escapadinha. E uma delas é o facto, de sendo uma cidade relativamente pequena, poder ser visitada a pé, o que permite a descoberta de locais e detalhes que escapariam aos forasteiros mais desatentos.

zagreb

A Praça Ban Josip Jelačić é o ponto mais central da cidade. É caso para se dizer que todos os caminhos vão dar aqui, sobretudo debaixo da torre do relógio, onde os locais de gostam de encontrar. A estátua equestre do herói que deu nome à praça encontra-se no seu centro e estava em tempos idos virada a norte, contra os invasores húngaros. Removida durante a II República Jugoslava, acabou por ser resposta em 1991, desta vez virada para sul. Para além dos edifícios de diferentes estilos arquitetónicos (como o Biedermeier, a Arte Nova ou Pós-Modernismo), a praça destaca-se pela famosa fonte de Manduševec, para a qual deve atirar uma moeda enquanto pede um desejo.

É por aqui que está também a Catedral de Zagreb. Construída no início do século XII, sofreu com incêndios e terramotos ao longo dos anos e acabou por assumir o estilo neo-gótico já no século XX. Tire a câmara fotográfica da mochila e aproveite para registar não apenas este tempo, mas também a coluna que se encontra em frente: o Monumento à Assunção da Bem-Aventurada Virgem Maria.

zagreb

Passeie mais um pouco entre as muralhas renascentistas e dê depois um salto até ao mercado agrícola de Dolac. Encontra aqui todo o tipo de alimentos e produtos em banquinhas coloridas. Pode nem comprar nada, mas é um dos grandes spots para os adeptos de fotografia.

zagreb

Se não resiste a compras e é um bom garfo, não pode deixar de passar pela Tkalčićeva, a famosa rua pedonal onde a energia e a boa disposição reinam quer de dia, quer de noite. Visite as muitas lojas e faça uma pausa num restaurante, bar ou esplanada. Trufas, ostras e até os hambúrgueres estão entre as mais apreciadas iguarias croatas, que combinam mesmo bem com a cerveja artesanal local.

Sabia que corria por baixa desta rua icónica um riacho que separava Gradec e Kaptol, as duas cidades inimigas que acabaram por originar Zagreb? Foi um padre que lhe emprestou o nome, mas era aqui que se situavam os bordéis até à II Guerra Mundial. Entretanto, o riacho deu lugar a pavimento e transformou esta zona numa das turísticas da capital croata.

zagreb

Apanhe o funicular, o mais curto do mundo, e em cerca de um minuto estará na parte alta da cidade. É nesta zona, mais precisamente na torre de Lotrščak, que acontece diariamente, ao meio-dia, algo que seduz a maioria dos turistas: o disparo do canhão.

Se acha esta atração inusitada, prepare-se para o surpreendente Museu dos Relacionamentos Terminados. O nome não deixa dúvidas, este local é dedicado às lembranças deixadas para trás depois do fim de uma relação. E tal inclui a viuvez, o acabar de uma amizade ou um divórcio. Pessoas de todo o mundo doam objetos, e a nenhum falta uma história – divertida, triste, mas sempre interessante.

Agora que já conhece alguns (há muito mais a descobrir!) dos atrativos de Zagreb, comece a planear as próximas férias ou talvez um fim de semana prolongado nesta capital fascinante. A TAP leva-o até lá, com a segurança e conforto de sempre.

Zagreb desde 72€