Entrar num lugar abandonado é uma experiência sugestiva e, ao mesmo tempo, inquietante, em que se ativam os sentidos e a nossa imaginação. Porém, além disso, essas sensações podem ter ainda mais impacto se o lugar for perturbadoramente bonito, tal como são estas vilas italianas fotografadas por Eleonora Costi.

A artista percorre o seu país em busca dessas paisagens íntimas e extraordinárias, em que o luxo ainda nos faz sentir pequenos diante da grandiosidade dos tetos adornados, do piso perfeitamente decorado e dos antigos móveis, que permanecem como testemunhos mudos de um passado glorioso.

Se, tal como nós, ficam intrigados em observar lugares que não resistiram à evolução civilizacional, sendo ao mesmo tempo perturbadores, então venham daí. Basta carregar na primeira imagem abaixo da fotogaleria.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.