Quando a maioria das pessoas ainda não sabe quando poderá fazer uma próxima grande viagem e o “vá para fora cá dentro” domina as escolhas das férias de verão, Nuno Relvas e Isabel Neto estão a apostar numa agência de viagens. Após três anos a viver em Londres, o casal regressou a Portugal e, em abril, lançou o projeto levarTravel.

“O nosso projeto foi pensado e estruturado antes do início da pandemia e, após uma análise aprofundada e cautelosa sobre a situação mundial, formalizamos a decisão em abril”, começam por explicar ao SAPO Viagens. “O turismo de amanhã vai exigir uma mudança de mentalidade e costumes de todos os turistas, e a sustentabilidade é a palavra-chave para o turismo pós-COVID”, consideram.

Assim, as viagens serão planeadas de acordo com três pontos: “potencializar o modelo de turismo sustentável; valorizar o desenvolvimento socioeconómico das comunidades acolhedoras, protegendo a sua autenticidade, e ajudar na conservação da biodiversidade da Terra, através do uso de recursos ambientais sustentáveis”.

O projeto pretende ser uma alternativa ao turismo de massa e conscientizar os viajantes para a necessidade de adotar hábitos mais sustentáveis, “servindo como elo de ligação entre os anseios dos viajantes e da sociedade local envolvida, garantindo a proteção ambiental e desenvolvimento económico e cultural do país”.

E como pensam em marcar a diferença? Através da escolha dos destinos e das atividades realizadas durante cada viagem.

“Os nossos destinos de eleição são os países mais remotos e necessitados que precisam de um maior contributo para o desenvolvimento social, cultural e ambiental. Não obstante, teremos também ao dispor outros destinos mais desenvolvidos, não significando, no entanto, que não necessitam de ajuda em minimizar os impactos negativos da atividade do turismo”, afirmam.

Percorra a galeria de fotos e conheça alguns dos destinos que vão ser dados a conhecer através da levarTravel.

Em todas as viagens vão proporcionar um período de tempo dedicado “à contribuição física e/ou monetária numa atividade de cariz social e/ou ambiental por parte dos viajantes interessados”.

“Esta atividade poderá consistir no apoio a uma instituição social (hospitais, estabelecimentos de apoio a idosos, crianças, refugiados ou migrantes, pessoas com limitações físicas ou cognitivas, programas de integração comunitária entre outros), ambiental (limpeza de praias, preservação de florestas, entre outros), animal (ajudar nos cuidados diários ou animais feridos num centro de proteção) ou simplesmente tornar o dia de alguém mais alegre (ajudar uma família carenciada com material escolar, material hospitalar, entre outros)”.

Esperam ter uma “adesão massiva” a estas iniciativas mas “no caso de o viajante não pretender contribuir no momento na atividade, a levarTravel doará uma percentagem dos lucros da viagem de cada cliente a esta mesma instituição/associação e, portanto, todos os clientes vão contribuir para o Projeto levarT”.

Turismo sustentável pelo bem do planeta

Tendo consciência de que o setor do turismo foi o mais afetado pela pandemia mundial, os promotores do projeto também acreditam na “transição para um turismo mais consciente e responsável com foco em recursos sustentáveis”.

“A perda da biodiversidade, aumento do nível do mar, degelo e aquecimento global, incêndios florestais, alterações climáticas constantes e desastres naturais são consequências dos impactos negativos do turismo”.

“O nosso planeta estava a gritar e esta pandemia veio mitigar um pouco o sofrimento com a redução da poluição mundial. É responsabilidade de todos agir e viajarmos de forma sustentável. O não seguimento deste modelo de turismo e a não aceitação desta nova realidade poderá condenar economicamente muitos destinos turísticos que perderão a sua atratividade”.

Se a situação da pandemia evoluir de forma favorável, as viagens da levarTravel arrancam em 2021. “O website foi lançado dia 20 de junho, estando já a receber reservas (para 2021). Sentimos uma aceitação muito positiva do público em geral pelo lançamento da empresa”, avançam.

Enquanto isso, Nuno Relvas e Isabel Neto estão a trabalhar na formação de uma equipa de líderes de viagens. As candidaturas podem ser feitas em www.levartravel.pt/recrutamento e estão abertas a viajantes experientes e nativos da língua portuguesa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.