Estradas que oferecem bonitas paisagens e vistas únicas. Da janela do carro, também se aproveita a viagem.

1. Lago Lomond até Lago Ness, Escócia

Considerada uma das mais icónicas rotas do Reino Unido, oferece paisagens únicas. Tudo começa em Glasgow, na estrada A82 que se estende até ao norte das Terras Altas na Escócia, passando por Loch Lomond antes de chegar à melhor parte da rota – em Glencoe.

Esta zona é considerada um dos lugares mais espetaculares do Reino Unido, e quando se chega ao local é fácil de perceber o porquê. Os fãs de James Bond também irão reconhecer o local que aparece no filme Skyfall.

Depois de Glencoe, a rota A82 passa pelo Lago Leven antes de chegar a Fort William. Neste troço de estrada, poderá avistar Ben Nevis, a montanha mais alta do Reino Unido. Se tiver espírito aventureiro, faça uma paragem em Fort William e tente escalar o pico da montanha.

Continue a sua jornada pelo norte da A82, e irá encontrar outro local icónico britânico – Lago Ness. Conduza pelo lago e veja se consegue encontrar o lendário Monstro do Lago Ness, ou pare para fazer uma caminhada relaxante pela zona para concluir a sua viagem em estilo.

As ruínas do Castelo de Urquhart remontam ao período medieval e também se orgulham da vista para o Lago Ness. Faça a sua rota através dos 1.000 anos de história enquanto aprecia a natureza notável que o cerca.

A rota de 225 quilómetros pode ser completada em três horas e meia, mas o ideal é fazer paragens em diversos pontos ao longo do caminho para apreciar as vistas e tirar fotos.

2. Estrada Militar, Ilha de Wight

Paralela à costa oeste da Ilha, a estrada A3055 (também conhecida como Military Road) é uma rota para ser feita enquanto há tempo, pois a erosão ao longo da costa pode fazer com que partes da estrada desapareçam. Deslizamentos de terra reduziram algumas partes da estrada para tráfego de fila única e, caso haja a possibilidade de um novo deslizamento, as placas de sinalização irão ascender imediatamente para fechá-la.

A rota A3055 remonta a meados do século XVIII, quando se tornou parte essencial da infraestrutura militar da ilha. Ligando St Catherine’s Point – ponto mais alto do sul da Ilha de Wight - a Freshwater Bay, a rota de 18 quilómetros pode ser curta, mas oferece uma variedade de vistas deslumbrantes do oceano e paisagens memoráveis.

Nenhuma paragem é permitida entre Brook e Freshwater Bay, pois é uma área de pista pavimentada, mas há várias zonas oficiais de estacionamento onde pode parar para apreciar a vista.

3. De Cheddar a Ashwick, Inglaterra (B3135)

Cortando a rota através das Colinas de Mendip, área de conservação de beleza natural, a rota pela estrada B3135 leva-o através de penhascos até ao centro de Somerset. Conhecida primariamente pelos seus queijos, a vila de Cheddar é também cercada por exuberantes e belas rotas rurais. Pode contar com curvas apertadas e sinuosas antes de chegar à tranquila vila de Ashwick.

Apesar de não ser tão longa - cerca de 22 quilómetros – a viagem é deslumbrante pelo oeste de Inglaterra. Há muitas atrações nesta região, mas nenhuma oferece um senso de aventura como um passeio por Cheddar Gorge. O percurso demora cerca de 30 minutos.

4. Wrynose e Hardknott Pass, Inglaterra

Se gosta de desafios, Wrynose e Hardknott Pass é para si. Com algumas das estradas mais íngremes do Reino Unido, esta rota não é para os fracos do coração.

Se decidir enfrentar esta rota, será presenteado com vistas espetaculares de Lake District, juntamente com uma série de histórias para contar quando chegar a casa.

A rota de sentido único possui muitas curvas pela pitoresca vila de Eskdale e pela cidade de Ambleside. A rota também passa por Hard Knott Fort, que já foi um dos pontos mais remotos do Império Romano.

Construído entre 120 e 138 dC, o sítio arqueológico tem vista para a passagem que liga Ravenglass a Ambleside, e Brougham a Penrith.

5. Triângulo de Evo, País de Gales

O nome desta rota deve-se à revista Evo, que costuma usar este troço para testar e fazer revisão de novos carros, o Evo Triangle combina três estradas no norte do País de Gales. Começando com a A5, próxima a Cerrigydrudion, siga para oeste em direção à tranquila vila de Pentrefoelas, antes de virar à direita na A543, onde o Triângulo de Evo realmente começa.

Curvas apertadas e vistas deslumbrantes fazem da subida uma diversão. A determinada altura passará pelo Sportsman's Arms, onde pode virar à direita na B4501. Este é, sem dúvida, um dos melhores troços da rota, com vistas panorâmicas sobre o reservatório de Alwen e uma estrada sinuosa que oferece muitas emoções.

Com pouco mais de 30 quilómetros, o percurso demora cerca de 30 minutos e pode até ter a sorte de ver os últimos carros desportivos a serem testados.

6. Alnmouth a Lindisfarne, Inglaterra

Viajar por rotas campestres pode ser, por vezes, uma tarefa árdua, mas não na costa de Northumberland. Esta rota costeira que vai de Alnmouth até a Reserva Natural de Lindisfarne oferece vistas espetaculares do Mar do Norte. A Costa de Northumberland é também repleta de castelos, como o Castelo de Bamburgh, um dos destaques da rota. Originalmente local de um forte celta, o imponente castelo foi construído no século XII e as suas muralhas testemunharam tempos sombrios de rebeliões no passado.

No final da jornada chegará a Lindisfarne, uma área de grande beleza natural e uma preciosidade histórica no norte de Inglaterra. A visão da primeira invasão viking em 793 a.C, a Ilha Sagrada e o Castelo de Lindisfarne são ótimos pontos turísticos da rota. Porém, é necessário ter cuidado caso pretenda aproximar-se, pois o passeio que leva à Ilha Sagrada fica inacessível em certos pontos por causa das marés. É provável que o seu percurso ao volante leve cerca de uma hora, porém há inúmeras oportunidades para fazer uma paragem e apreciar a paisagem ao longo do caminho.

7. Bealach na Ba, Escócia

Historicamente usada para conduzir gado através das montanhas, a estrada de Bealach na Ba, também conhecida como Pass of the Cattle (Rota do Gado), foi transformada numa das mais belas passagens da Grã-Bretanha.

No início, parece ser um trilho intimidante, mas todas as suas preocupações desaparecem quando estiver próximo da metade do caminho, onde já consegue envolver-se com paisagens magníficas das Terras Altas da Escócia.

A estrada sinuosa de via única remonta a 1822 e foi idealizada de maneira semelhante às grandes rotas montanhosas da Europa alpina. Não há instruções complexas a serem seguidas no percurso deste trajeto; basta seguir a estrada a sul de Tornapress em direção a Applecross, e iniciará a viagem subindo pelo caminho de Bealach na Ba.

Há muitos pontos para uma paragem ao longo da rota de 18 quilómetros. Por isso, saia e reserve um tempo para apreciar a vista.

8. Brecon Beacons até Snowdonia, País de Gales

A rota da estrada A470 atravessa a maior parte do País de Gales, ligando o sul de Cardiff a Llandudno no norte, e oferece algumas das melhores vistas que o país oferece. A norte de Merthyr Tydfil, a rota A470 entra no Parque Nacional Brecon Beacons, e irá ver-se cercado por colinas e um horizonte quase infinito.

Continue em frente e a rota irá levá-lo ao interior de Gales, passando por inúmeras pequenas vilas e comunidades. Há muitas oportunidades para parar e explorar os arredores. Mantendo-se na A470, chegará a Snowdonia e logo estará cercado por montanhas, com vistas cada vez mais belas à medida que segue a viagem a norte.

Combinando troços de sentido único e não só, a rota de 286 quilómetros pode ser concluída em cerca de quatro horas e meia. A Cambrian Way, uma rota específica pela região montanhosa do País de Gales, segue grande parte da rota A470, com desvios adicionais para locais como o Welsh Royal Crystal, em Rhayader e o Adventure Parc da Snowdonia.

9. Caminho da Cobra, Inglaterra

Situada em Peak District, a rota Snake Pass passa pelos montes entre as cidades de Glossop e Sheffield. Como o próprio nome sugere, o Snake Pass é cheio de curvas, todas oferecendo uma visão magnífica. No final do verão as urzes florescem nas colinas, deixando a região com um lindo tom púrpura e uma vista deslumbrante.

Outrora a rota principal de ligação entre Sheffield e Manchester, inaugurada em 1821, a Snake Pass fecha durante o inverno por causa dos frequentes nevões  na região, o que aumenta o perigo para os motoristas. A rota é popular entre ciclistas o ano todo, e os seus 32 quilómetros são percorridos de carro em cerca de 30 minutos.

10. St Ives até St Just, Inglaterra

A estrada B3306 pode não ser a opção mais rápida para quem vai de St Ives até St Just, na Cornualha, mas é definitivamente a mais emocionante. Numa rota de aproximadamente 20 quilómetros, a estrada passa por vilas pitorescas e colinas, mirando o oceano.

Esta estrada segue a ‘Tin Coast’, rota pelas históricas minas da península de Penwith. Próximo de Trewellard fica o Levant Mine and Beam Engine, parte do Património Mundial da Mineração da Cornualha, abrigando diversas minas desativadas. Ou aventure-se em Pendeen, onde pode ver mina de estanho de Geevor, um museu conservado que permanece exatamente como foi deixado pelos mineiros em 1990.

Com tantas vistas impressionantes ao seu redor, nem dará pelo tempo passar.

Fonte: VisitBritain

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.