'Toy Stories' é um projeto do fotógrafo italiano Gabriele Galimberti, que viajou pelo mundo durante 18 meses à procura de fotografias de crianças com os seus brinquedos.

Gabriele percebeu que, ao conversar e brincar com crianças de vários países e origens, elas o acolhiam de forma diferente, antes de as fotografar.

“As crianças mais ricas eram mais possessivas. No início da sessão, elas não queriam que eu tocasse nos brinquedos, então precisava de mais tempo. Nos países pobres, era muito mais fácil. Em África, por exemplo, as crianças brincavam, a maior parte das vezes, com os amigos no exterior”, contou Galimberti ao site Bored Panda.

Galimberti revelou também que duas crianças de países distintos podiam atribuir funções semelhantes aos seus brinquedos. Ele conheceu um menino no Texas e uma menina no Malawi que acreditavam que os seus dinossauros de plástico os protegiam dos perigos à noite.

Mesmo sendo um projeto de fotografia de retrato a crianças, o fotógrafo diz que aprendeu mais sobre os pais. Geralmente, os brinquedos representavam os tempos livres e hobbies dos progenitores.

Embarque nesta pequena jornada pelas memórias da infância e veja como um simples brinquedo pode ter representações distintas na perspetiva de uma criança.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.