Numa área rural do estado de Tabasco, no México, está a ser erguido um bairro rural, constituído por 50 casas, construídas a partir de uma impressora 3D. Este grupo de habitações será o lar de pessoas mais carenciadas, que vivem em condições adversas e afastadas de zonas mais urbanas.

Este projeto foi alcançado graças ao esforço de três entidades: a New Story, uma organização sem fins lucrativos que ajuda as populações mais pobres; a ICON, uma empresa de tecnologia especializada em construções 3D; e, por fim, a Fuseproject, uma empresa de design industrial. Juntas, já conseguiram construir as duas primeiras casas a partir de uma impressora 3D no bairro de Tabasco.

Cada uma das casas, de 46 metros quadrados, tem dois quartos, cozinha, WC, sala de estar e ainda um jardim. Os telhados das propriedades têm um formato curvo para impedir inundações e facilitar a manutenção, uma vez que se trata de uma região bastante chuvosa no inverno.

As famílias acolhidas não terão de pagar nada pela habitação, uma vez que faz parte deste projeto social, tendo ainda direito a uma ajuda mensal de 400 pesos mexicanos (cerca de 19 euros), para a manutenção das habitações. A New Story espera construir 48 habitações até ao final de 2020, assim como implementar outro projeto de espaços verdes e parques no mesmo bairro.

Veja fotos das duas primeiras casa na galeria abaixo

A New Story, fundada em 2014 e que já construiu cerca de 3 mil casas pelo Haiti, El Salvador, Bolívia e México, juntou-se à ICON para desenvolver esta impressora 3D, ideal para trabalhar sob condições adversas.

De acordo com a revista Designboom, a New Story afirma que "a impressora 3D, Vulcan II, foi desenhada para trabalhar em condições adversas das zonas rurais, onde a energia pode ser imprevisível e as chuvas sazonais inundam as estradas que dão acesso ao local de construção. Esta impressora é a primeira do seu género".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.