Corrida de ovos em Tredozio, Itália

Todos os anos, nesta pequena aldeia na província de Forlì-Cesena, em Itália, o termo “runny eggs” assume um novo significado. O Palio dell'uovo - ou Olimpíadas de Ovos, como também é conhecido - consiste em dois dias de desafios e eventos à volto do ovo realizados no domingo de Páscoa e segunda-feira (21 e 22 de abril deste ano). Os eventos incluem lançamento de ovos, caça aos ovos e corrida de ovos, enquanto o desafio é não partir o ovo delicado. O primeiro concurso foi realizado em 1964 e agora conta com mais de 300 voluntários que realizam esta celebração anual.

Corrida de ovos em Tredozio, Itália
créditos: Booking.com

Ovos Faberge em São Petersburgo, Rússia

Os Ovos Fabergé, adornados de forma extravagante, são famosos no mundo inteiro pela sua opulência e fazem parte da cultura russa desde meados do século XIX, quando o czar Alexandre III encomendou o primeiro ovo elaborado como presente de Páscoa para Maria, a sua esposa imperatriz. Isto inspirou uma tradição que viu mais de 50 ovos imperiais criados por Peter Carl Fabergé entre os anos de 1885 e 1916. Hoje, os viajantes podem visitar a maior coleção do mundo de ovos Fabergé no Museu Fabergé, localizado no Palácio Shuvalov, no coração de São Petersburgo.

Ovos Faberge em São Petersburgo, Rússia
créditos: Booking.com

Ovos Pysanka em Vegreville, Alberta

Um pysanka é um ovo de Páscoa ucraniano decorado com cera para fazer elaborados desenhos folclóricos tradicionais - quase todas as aldeias ou regiões da Ucrânia têm os seus próprios rituais para decorá-los. Os motivos de design e as cores usadas estão cheios de significado e simbolismo, variando de região para região. Apesar das suas raízes ucranianas, a maior pysanka do mundo pode ser encontrada em Alberta, no Canadá. Com uma grande população ucraniana-canadense, o Vegreville pysanka simboliza a harmonia, vitalidade e cultura da comunidade e foi apresentado como uma homenagem ao 100º aniversário da Real Polícia Montada do Canadá.

Ovos Pysanka em Vegreville, Alberta
créditos: Booking.com

Omelete Gigante da Irmandade de Bessières em Bessières, França

Para aqueles que preferem os seus ovos cozidos em vez de decorados, esta pequena aldeia no sudoeste de França é o lugar para estar. Todos os anos, na segunda-feira de Páscoa, cerca de 50 voluntários da Irmandade Omelete Gigante de Bessières fazem uma gigantesca omelete de 15.000 ovos para milhares de observadores desfrutarem. Dizem que a tradição se deve à visita de Napoleão à região, que gostou tanto da omelete que pediu uma versão gigante para oferecer às suas tropas.

Ovos Washi no Japão

Embora a Páscoa não seja celebrada historicamente no Japão, a tradição de decorar ovos foi adotada por muitos numa fusão repleta de culturas. Os ovos Washi são comumente decorados na época da Páscoa usando papel washi japonês (o mesmo tipo de papel usado para Origami), cola e verniz. Os ovos são adornados com belos desenhos para criar decorações e ornamentos impressionantes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.