Trata-se de uma caverna em arenito derivada da erosão, situada a 9km de Kanab. A caverna estende-se por cerca de 560 metros numa formação rochosa de Arenito Navajo, na base do  Three Lakes Canyon. Serviu outrora de abrigo ou armazém de alimentos aos Anasazi, um antigo povo indígena norte americano, segundo o que as escavações arqueológicas indicam. Foi redescoberta por colonos americanos no século XIX e serviu como taberna na década de 1920 durante a Lei Seca.

O local foi posteriormente comprado por Laura e Garth Chamberlain, que decidiram abrir uma taverna e salão de dança no local, o que ajudou o local a ganhar popularidade transformando-se mais tarde num destino turístico e museu. E graças a isso, hoje poderá visitar uma ampla colecção de rochas, minerais, entre os quais minerais fluorescentes, fósseis, peças de cerâmica, artefactos indígenas, adereços de cowboys, pontas de lança, pegadas de dinossauro com mais de 140 milhões de anos entre outras preciosidades.

Uma parte do museu é dedicada a uma exposição sobre a cultura Anasazi e o quarto dos fundos expõe algumas colecções privadas do proprietário, entre as quais verdadeiros tesouros de rochas moedas e minerais.

A visita leva no mínimo uma hora. No final, poderá levar uma recordação na loja de souvenirs localizada na antecâmara da gruta. É a visita ideal para fazer em família. As crianças ficam particularmente fãs da ala dos dinossauros. Poderá ir de carro a partir da Route 89 e estacionar no parque da gruta de forma gratuita.

Uma vez terminada a visita, aproveite para almoçar num dos restaurantes da região, Destaque para os espaços Sego Restaurant, o Spotted Dog Café, o Switchback Grille ou o Bit and Spur.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.