Adrian Rohnfelder adora fotografar os locais mais extremos do planeta Terra há já vários anos, porém, o seu mais recente feito chamou-nos a atenção. Este artista alemão visitou o pico dos sete vulcões mais altos do mundo, espalhados pelo sete continentes.

Eles são: Monte Sidley, na Antártida; Monte Kilimanjaro, Tanzânia; Pico de Orizaba, México; Ojos del Salado, Chile; Elbrus, Rússia; Monte Damavand, Irão; e Monte Giluwe, Papua Nova-Guiné.

Rohnfelder é o primeiro fotógrafo a completar este desafio, tendo reunido as suas fotografias no livro ‘Volcanic 7 Summits: Dreams of the Unknown’. Na fotogaleria abaixo pode ver algumas das suas melhores imagens.

As histórias que acompanham as imagens de Rohnfelder não se focam apenas no solo derretido e nas nuvens de cinzas, oferecendo também informações relevantes sobre as pessoas que vivem ao redor das crateras e a sensação de habitar num lugar que pode explodir a qualquer momento.

Como escreve Rohnfelder, nenhuma imagem pode substituir o poder da natureza quando estás nestas condições adversas, tendo tentado transmitir ao máximo através do livro, publicado pela editora teNeues, que pode ser adquirido por 40€.

Capa do Livro VOLCANIC 7 SUMMITS - Dreams of the Unknown by Adrian Rohnfelder
Publicado por teNeues, €40

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.