Na década de 1950, mais de mil pessoas moravam na ilha de Tashirojima, Miyagi. Agora, há cerca de uma centena. Os gatos, no entanto, prosperam na ilha e aparentemente superam em número os locais. Por outro lado os cães são proibidos em Tashirojima.

As pessoas habituaram-se à presença dos gatos e alimentam-nos, acreditando que eles trazem boa sorte. Apesar do número crescente de gatos a maior parte destes circula livremente nas ruas e não pertencem a ninguém.

No passado, os pescadores da ilha mantinham os gatos nas suas casas para matar os ratos e impedir que estes comessem os bichos de seda necessários para fazer redes de pesca.

Actualmente, o turismo cresceu em torno dos animais, com imensos turistas a visitar a ilha apenas para ver os gatos.

Uma zona de Tashirojima chamada "Manga Island", inspirada no artista de manga Shotaro Ishinomori, é bastante apreciada pelos visitantes da ilha, nesta área existem lodges em forma de gato criados por Shotaro, casas de aluguer de bicicletas e canas de pesca, assim como lojas de souvenirs. Todo este local é decorado com arte manga o que também é muito apreciado pelos turistas que visitam a ilha.

Recentemente, outra "cat island", chamada Aoshima tornou-se bastante popular online depois que o utilizador do Twitter Kolmetoista partilhou imensas fotos dos gatos que habitam a ilha. 

Apenas dezesseis pessoas vivem em Aoshima, o que significa que, como em Tashirojima, esses amigos de quatro patas ultrapassam em número os humanos.

As fotos de Kolmetoista têm-se tornado virais em blogs e redes sociais, sendo que uma delas já foi partilhada mais de 20 mil vezes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.