A bela cidade foi outrora uma cidade dominante do comércio entre o Império Bizantino e o Egito. Aliás foi a cidade de Amalfi que instituiu o primeiro Código de Direito Marítimo do mundo, as famosas Tábuas Amalfitanas.

Situada num local que se destaca pelas misteriosas grutas, belas baías e casas coloridas inseridas ao longo da encosta, hoje a cidade de Amalfi  guarda importantes relíquias da fé católica.

Uma das atrações principais é a Catedral de Amalfi, que reúne o Claustro del Paradiso, a Basílica do Crucifixo, a Igreja Catedral e a cripta de Santo André Apóstolo, onde estão abrigados os ossos de Santo André, o primeiro discípulo de Jesus.

O Museu della Carta surge como a segunda principal atração por conter inúmeros objetos e equipamentos que mostra aos visitantes como era feito o papel no passado, através dos instrumentos e máquinas originais. Os diversos artefactos históricos também o tornam num local rico culturalmente pelo que deve dispensar algumas horas para o apreciar.

As ruas de Amalfi são obrigatórias e um lugar muito tranquilo para passear. Tire fotografias nas ruas históricas e faça as compras na Via Lorenzo D'Amalfi, um dos melhores locais para comprar os típicos souvenirs.

Se ficar cansado da vida citadina, tem alternativas variadas. A 45 minutos a pé poderá visitar o Valle delli Ferrieri, um parque natural que complementa as vistas inigualáveis da vegetação verde e azul do mar com a fauna, flora e o ar puro. Por outro lado, pode aproveitar para passear de barco e ver do mar a bonita costa, ou dar um salto a uma ou mais ilhas circundantes como é o caso da Ilha de Capri. Na Grotta dello Smeraldo poderá visitar um presépio submarino, ou simplesmente apreciar o tom verde-esmeralda das águas e a geologia local, como é o caso das estalagmites.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.