Foto: Nora Lockshin

É numa pousada em Estes Park, no Colorado (EUA) que se encontra a maior coleção de chaves do mundo, com 20 mil exemplares.

As chaves encontram-se penduradas no teto e paredes do Baldplate Inn e tem vindo a receber doações desde o final da Segunda Guerra Mundial.

Encontra chaves de vários pontos turísticos do mundo inteiro, incluindo a Abadia de Westminster, a adega de Mozart, o Castelo de Frankenstein e até do bunker de Adolf Hitler.

Há ainda chaves do Pentágono, de uma casa de banho na Casa Branca, de um mosteiro no Peru, de camarins de atores de Hollywood, entre outras igualmente famosas.

A coleção foi aumentando graças às doações dos hóspedes. Se algum dia ficar hospedado no Baldplate Inn, também pode doar uma chave especial. Os donos agradecem.

E tudo começou por causa de um livro
A pousada foi construída em 1917 e recebe hóspedes há 100 anos. Aliás, ao longo de 2017 haverá vários eventos na pousada para comemorar o seu centenário.

O Baldplate Inn recebeu o seu nome a partir de um livro de ficção chamado "Seven Keys to Baldpate", de Earl Derr Biggers, que conta a história de um escritor que se desloca no inverno até Baldpate para escrever a sua última obra prima, julgando ser o único que tem a chave para entrar na pousada. Mas durante a noite é visitado por uma série de outras personagens, que aparentemente também têm a chave para entrar.

Inspirados na história, os donos do alojamento resolveram doar uma chave a cada hóspede, como recordação da sua estadia. Esta tradição manteve-se até ao início da primeira Guerra Mundial, mas o preço do metal tornou-se tão caro nessa época que os proprietários deixaram de doar as chaves. Os hóspedes mais fiéis tiveram pena que a tradição fosse interrompida e resolveram iniciar a sua própria tradição, a de trazer uma chave todos os anos.

De acordo com o site da pousada, a competição entre os convidados tornou-se tão "séria", para trazer as melhores e mais exóticas chaves, que todos os anos os proprietários resolveram começar a expô-las nas paredes. E foi assim que teve início a maior coleção de chaves do mundo.

Atualmente, a pousada trabalha em conjunto com a American History Savers, no sentido de preservar e catalogar a coleção.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.