Segundo dados oficiais do Instituto Nacional de Estatística (INE) referentes à hotelaria nacional, foi registada na região Centro de Portugal "uma forte subida em todas as variáveis, com destaque para as dormidas que aumentaram acima de 12%, quer nos turistas nacionais, quer internacionais, e dos proveitos, que subiram 13,84%.".

Quando comparados com igual período do ano passado, os números divulgados pelo INE revelam uma tendência de crescimento que no caso dos proveitos das unidades hoteleiras da região é superior 14 por cento.

"Esta subida significativa registada no mês de setembro teve um impacto relevante nos resultados acumulados referentes ao final do terceiro trimestre de 2016, em comparação com período homólogo de 2015, recolocando o crescimento das dormidas em estabelecimentos hoteleiros na região Centro de Portugal perto dos 10%, com particular relevância para o comportamento dos mercados externos que subiram 12,5%", resume a Entidade Regional de Turismo Centro Portugal na página da Internet destinada ao apoio ao investidor turístico.

Estes números estão em linha com as taxas de ocupação cama e quarto divulgadas na semana passada pela Turismo Portugal.

Os números mostram que, no período acumulado de janeiro a setembro de 2016, a região Centro foi das que mais cresceu na taxa ocupação-cama, sendo ultrapassada apenas pela Madeira e o Norte, duas regiões que dispõem de aeroportos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.