Seja a partir de Lisboa, Porto ou Faro, os mais de 2000 viajantes partiram maioritariamente da capital portuguesa para destinos como Milão, Marselha, Berlim ou Budapeste, os destinos que mais calharam na sorte dos portugueses pela FlyKube.

A média de idades dos viajantes ronda os 25 anos, o que prova que as viagens surpresa são um conceito que atrai principalmente um público mais jovem.

A grande preferência dos viajantes nacionais é partir em escapadinhas de 3 a 5 dias, sendo que a FlyKube oferece vários pacotes possíveis quer para escapadinhas (“Destino Surpresa”, “VipKube” e “Surpresa Total”) quer para férias surpresa de 5 a 14 dias (“Multidestino” e “Verão Surpresa”).  Além da oferta de vários pacotes, a FlyKube permite ainda escolher o tipo de alojamento, sendo que a maioria dos portugueses optou por ficar em hotéis em vez de apartamentos.

Segundo Bernardo Simões, responsável da FlyKube no mercado português, “Desde que chegámos a Portugal que a adesão tem sido verdadeiramente impressionante, sendo mesmo um dos mercados onde a FlyKube tem tido mais sucesso. Cada vez mais as pessoas procuram evitar o stress associado à organização de uma viagem e deixar-se levar pela experiência de novas emoções”.

“À magia das viagens surpresa faz parte dos nossos planos adicionar não só novos destinos, mas também novas surpresas além das viagens e às quais esperamos que os portugueses adiram”, conclui.

De origem catalã, a FlyKube oferece aventuras, experiências e emoções através de viagens surpresa. A empresa oferece vários pacotes, desde escapadinhas a férias, para mais de 40 destinos europeus para viajantes que queiram ir à descoberta do desconhecido.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.