Em locais muito turísticos, há quem procure aproveitar-se das pessoas que visitam a cidade e não conhecem ainda nada. Foi o que aconteceu com um casal da Tailândia que visitou Paris no início deste mês, conforme relatado pelo The Independent. Depois de aterrar no aeroporto Charles de Gaulle, saíram à procura de um táxi para levá-los à cidade, como a maioria de nós faria. Acabaram por entrar num, mas, ao chegarem à capital francesa, ficaram chocados ao descobrir que o motorista exigia 247 euros.

O casal tailandês filmou toda a discussão com o motorista.

O motorista, irritado, exige que os dois paguem o valor, alegando que os táxis do aeroporto para Paris não têm um preço fixo. No entanto, os táxis que levam passageiros de Charles de Gaulle para Paris devem cobrar um preço fixo. Nada mais do que € 55, portanto este motorista exigia quase cinco vezes o valor legal.

A situação piorou quando o motorista decidiu continuar a conduzir e se recusou a deixar o casal sair do carro. No final, o casal teve de pagar 200 euros apenas para poder sair.

Os turistas já voltaram à Tailândia e não tiveram oportunidade de denunciar o incidente junto das autoridades, mas o caso está a ser investigado pela polícia francesa.

O vídeo levou à abertura de uma investigação da polícia francesa sobre o “exercício ilegal da profissão de taxista”. O motorista dizia trabalhar para uma rede de motoristas particulares (Chauffeur Privé), uma aplicação de viagens muito utilizado em França. No entanto, contactada pelo Le Parisien, a empresa afirmou que o homem não fazia parte do seu quadro de funcionários.

O casal decidiu publicar o vídeo no YouTube para alertar outros tailandeses que decidissem viajar para Paris e as imagens correram o mundo.

*Notícia atualizada a 21/11/18. O termo "taxista" foi substituído por "motorista"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.