Os itinerários propostos são de pequena rota, circulares, realizam-se às quartas-feiras e procuram dar a conhecer a riqueza natural e cultural das Aldeias de Montanha e da Serra da Estrela", refere a Câmara Municipal de Seia em comunicado hoje enviado à agência Lusa.

Segundo a fonte, será realizado um passeio pedestre no dia 02 de agosto e outro no dia 30.

O primeiro percurso, com uma extensão de 6.160 metros, realiza-se pela rota das Canadas, na área da localidade de Alvoco da Serra.

A rota das Canadas "acompanha a cabeceira do amplo vale de Alvoco [da Serra] e percorre um amplo anfiteatro natural, alojado no sopé da vertente sul do planalto da Torre [o ponto mais alto da Serra da Estrela]", refere.

Alvoco da Serra será o ponto de partida de um percurso que se desenvolve "por uma intrincada rede de caminhos murados designados de canadas", explica a autarquia, acrescentando que a paisagem é marcada, sobretudo, por afloramentos graníticos, giestais, urzais e campos agrícolas.

Na aldeia de Alvoco da Serra, além do casario antigo, "merecem uma visita atenta a igreja de Nossa Senhora do Rosário e a capela de Santo António, que alberga uma coleção de arte sacra, que inclui no seu espólio esculturas em pedra de Ançã, da escola de Coimbra".

O segundo percurso pedestre promovido pelo CISE decorrerá no dia 30 de agosto e terá como cenário o planalto superior da Serra da Estrela.

"Com uma extensão de seis quilómetros, o itinerário proporciona a visita a diversos locais onde a ação modeladora dos gelos do último período glaciário é notória", indica a organização.

Ainda de acordo com o município de Seia, na paisagem a percorrer pelos participantes no passeio pedestre, que terá início e fim na Torre, predominam afloramentos rochosos, prados e matos de altitude, que "suportam um leque de espécies de fauna e flora típicos de zonas montanhosas".

Os interessados em participar nos dois passeios devem fazer a inscrição junto do CISE.

Cada atividade, que é limitada a um máximo de 15 participantes e a um mínimo de seis, tem um custo associado de cinco euros.

Fonte: Lusa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.