Trata-se da 20.ª edição da romaria, a decorrer entre os dias 22 e 26 de abril por iniciativa das câmaras municipais da Moita e de Viana do Alentejo, Associação dos Romeiros da Tradição Moitense e Associação Equestre de Viana do Alentejo.

Retomada em 2001, após um interregno de mais de 70 anos, a iniciativa, que "alia o profano ao sagrado", conta, anualmente, com centenas de romeiros.

Segundo os promotores, a chegada a Viana do Alentejo está marcada para o dia 25 de abril, ao final da tarde, depois de um percurso de cerca de 150 quilómetros, com início na Moita, no distrito de Setúbal, que os romeiros percorrem durante quatro dias, pela antiga canada real, mais conhecida por Estrada dos Espanhóis.

A romaria recupera uma antiga tradição de caráter religioso existente na vila da Moita, quando "os lavradores se deslocavam com os seus animais ao Santuário de Nossa Senhora D´Aires", em Viana do Alentejo, para "pedirem proteção e boas colheitas", de acordo com o município alentejano.

Na edição deste ano, os participantes vão partir da vila da Moita, no dia 22, às 09:00, e a chegada a Viana do Alentejo está prevista para o dia 25, por volta das 17:00, estando o dia seguinte reservado para várias iniciativas religiosas e recreativas junto ao Santuário de Nossa Senhora D´Aires.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.