"O nosso objetivo não é só ter mais visitantes, é ter mais sonhadores felizes. Tivemos de tomar a decisão de fechar as bilheteiras para que a magia do Natal não aconteça aos encontrões mas com pleno usufruto dos conteúdos", referiu o diretor geral da empresa municipal Feira Viva, Paulo Sérgio Pais.

As bilheteiras ‘online' foram fechadas quarta-feira para que restassem bilhetes para o dia de hoje. Mas esta manhã a fila anunciava lotação esgotada: 7.000 pessoas. Só de Espanha a organização estima que tenham chegado cerca de 2.000 pessoas, uma vez que 80% das vendas pela Internet são para o país vizinho.

São 16 as áreas temáticas de Perlim, uma "aldeia natalícia" que é presidida pelo Pai Natal e cujo castelo, localizado na zona histórica de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro, acolhe por estes dias a Cinderela.

O "mundo mágico" onde não faltam as renas e os animais polares da Lapónia inclui espetáculos e diversões e a decisão de fechar as bilheteiras, frisou à agência Lusa Paulo Sérgio Pais, foi tomada para garantir a segurança de todos.

"Infelizmente centenas, se não milhares de pessoas tiveram de ir embora mas há mais 17 dias para estar em ‘Perlim' connosco", frisou o responsável lembrando que este parque temático está aberto até 30 de dezembro, de quinta a domingo, e nas semanas antes e depois do Natal de segunda a sexta-feira.

Esta é a nona edição de Perlim. E em nove anos nunca as bilheteiras tinham sido fechadas. Na edição do ano passado contabilizaram-se cerca de 71 mil pessoas ao longo de cerca de 20 dias. O ano de 2014 foi até aqui o ano recorde com 80 mil pessoas.

A entrada em Perlim pode fazer-se tanto pelo castelo como pela quinta e é gratuita para crianças até aos três anos de idade, sendo que menores de 13 anos e maiores de 65 pagam cinco euros e todos os restantes seis.

Está também disponível uma pulseira livre-trânsito para acesso ilimitado ao parque em todo o seu período de funcionamento.

O espaço inclui uma pista de trenós e outra de ‘snowtubing', uma árvore de Natal com 15 metros de altura e o "Comboio de Perlim" circula pelas ruas do centro da Feira, transportando personagens natalícias e disponibilizando lugares para o púbico em geral.

Vários restaurantes aderiram também à iniciativa, decorando os seus espaços de acordo com uma área temática que tenham adotado para o efeito.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.