A Confederação dos Padeiros Franceses apresentou um pedido à UNESCO para declarar as baguetes francesas tradicionais como Património Imaterial, como uma medida preventiva de protegê-las de todas as variedades industriais.

Um decreto do governo francês de 1993 determina que as baguetes "tradicionais" devem ser feitas com os quatro ingredientes clássicos. A fermentação da massa deve demorar entre 15 a 20 horas a uma temperatura entre 4 a 6 graus Celsius.

Cerca de 6 milhões de baguetes são vendidas diariamente em França, mas Dominique Anract, presidente da confederação de padeiros, disse que o hábito cultural está ameaçado, sendo que cerca de 30.000 padarias fecharam portas desde 1950, quando os supermercados assumiram o controlo.

A distinção da UNESCO como “património imaterial” reconhece as tradições orais, artes cénicas, práticas sociais, rituais e métodos artesanais tradicionais. Esta designação já cobre os métodos antigos de fazer pães no Irão e no Cazaquistão.

O símbolo da cultura francesa é agora candidata a património imaterial da humanidade da UNESCO e a decisão será conhecida em finais de março.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.