O guia de 500 anos, "Peregrinatio in Terram Sanctam", está em exibição como parte da exposição "Inspirado no Oriente: como o mundo islâmico influenciou a arte ocidental". O guia foi escrito por Bernhard von Breydenbach, em 1486, e ilustrado pelo artista Erhard Reuwich, após a sua peregrinação à Terra Santa. Na exposição, o livro será exibido juntamente com o mapa de Jerusalém, o primeiro impresso da cidade, com a Cúpula da Rocha no centro.

Devido à representação precisa da Terra Santa, o guia rapidamente foi procurado pelos peregrinos e foi reimpresso em novas edições durante décadas. A versão em exibição no Museu Britânico é da primeira edição e faz parte da coleção do museu. É um dos poucos que ainda sobrevivem em todo o mundo. As poucas cópias sobreviventes raramente são exibidas devido à sensibilidade à luz do documento histórico.

A exposição explora o impacto que o mundo islâmico teve na arte ocidental durante séculos. Objetos da Europa, América do Norte, Médio Oriente e Norte de África destacam uma tradição secular de influência e intercâmbio do Oriente para o Ocidente. A seleção diversificada de objetos inclui cerâmica, fotografia, vidro, jóias e roupas, além de arte contemporânea, mostrando assim como o intercâmbio artístico influenciou uma variedade de artes visuais e decorativas.

É possível visitar a exposição até dia 26 de janeiro de 2020.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.