"Confirmo que as viagens sem a necessidade de quarentena começarão dentro de duas semanas, às 23h59 de 18 de abril", anunciou Ardern.

A decisão foi adotada mais de um ano depois de a Nova Zelândia fechar as fronteiras para enfrentar a pandemia, e seis meses depois do governo da Austrália permitir que os neozelandeses visitem certos estados australianos sem a necessidade de passar por uma quarentena.

Ardern celebrou os resultados do seu país, com apenas 26 mortes provocadas pela COVID-19 numa população de cinco milhões de habitantes. A Austrália registou menos de mil óbitos  numa população de 25 milhões.

"Aprecio a medida que o governo da Nova Zelândia anunciou hoje", afirmou o primeiro-ministro australiano Scott Morrison.

"Daremos as boas-vindas, da mesma maneira que os Kiwis (neozelandeses) dão as boas-vindas aos Aussies (australianos)", completou.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.