"Uma pedra de 100 kg caiu perto de uma fiel sem atingi-la", afirmou o presidente da câmara Nir Barkat num comunicado que explica a razão de uma parte da Esplanada das Mesquitas estar encerrada.

O Muro das Lamentações é o único vestígio de um muro do segundo Templo judeu, destruído pelos romanos no ano 70 da nossa era.

"A Autoridade das Antiguidades encarregar-se-á de confirmar que não há perigo antes de ser autorizada a reabertura", acrescenta a nota.

Fonte: AFP

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.