A Câmara de Vila Real apresentou hoje, em conferência de imprensa, a agenda das festas da cidade e da programação de verão que arranca em junho e se prolonga até ao mês de setembro, com 123 atividades, gratuitas e dirigidas a pessoas de todas as idades e gostos.

O presidente da autarquia, Rui Santos, realçou a importância destes eventos, programados para a população de Vila Real, mas que também atraem visitantes à cidade e ajudam a dinamizar a economia local, com destaque para o comércio tradicional.

“O nosso objetivo é acelerar a felicidade dos vila-realenses”, afirmou o autarca.

A programação musical arranca com um concerto dos HMB, no dia 13 de junho, depois atuam The Gift, Resistência e no dia do Emigrante, a 09 de agosto, Matias Damásio.

Como ponto alto das festas está também o 49.º Circuito Automóvel de Vila Real, entre 22 e 24 de junho, que é palco para a etapa portuguesa do campeonato do mundo de carros de turismo (WTCR).

Santos populares

Durante o mês de junho, vão ser realizadas iniciativas à volta dos três santos populares.

Para o Santo António, as freguesias do concelho e, pela primeira vez, os agrupamentos de escolas, estão a preparar marchas, que irão desfilar pela principal avenida da cidade.

Entre os dias 08 e 13 decorre a Feira de Santo António, e, a 13 de junho, realiza-se ainda a tradicional feira de gado e o tradicional fogo-de-artifício.

O São João vai ser festejado também no centro da cidade, numa iniciativa que junta os comerciantes e para o qual vão ver convidados a participar os pilotos que vão disputar as corridas de Vila Real.

Para assinalar o São Pedro, realiza-se a tradicional feira, que inclui os pucarinhos de barro negro, e haverá ainda uma “Noite Negra”, uma festa em que os participantes terão que vestir de preto para homenagear a olaria de Bisalhães, cujo processo de fabrico foi classificado pela UNESCO.

Entre 15 e 16 de junho decorre o festival Rock Nordeste, com entrada livre e onde já estão confirmadas as presenças de Bonga, Capitão Fausto e First Breath After Coma, que atua com a Banda de Música de Mateus.

A agenda contempla ainda os projetos “Sons ao Largo”, com concertos que vão ter como palco o largo da Capela Nova, no centro histórico, o projeto “Arruada”, com espetáculos que decorrerão entre os meses de julho e setembro, na praça do município e outros locais do centro da cidade, bem como os Concertos de Verão do Teatro de Vila Real.

Arte urbana em setembro

O mês de setembro arranca com a terceira edição do Pitoresco – Festival de Graffiti e Street Art” e, incluído na agenda de verão, está ainda a maior romaria da região, a festa da Senhora da Pena, que é conhecida pelos andores de grandes dimensões.

As festas incluem ainda eventos desportivos, como caminhadas, maratonas ou torneios de basquetebol, e as comemorações do 93.º aniversário da elevação de Vila Real a cidade, e são organizadas em conjunto com as escolas e associações culturais e desportivas do concelho.

O presidente da autarquia, Rui Santos, referiu que o orçamento da animação preparada para este verão ronda os 130 mil euros, excluindo a organização do Circuito Internacional, que conta com o apoio de fundos comunitários.

Fonte: Lusa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.