Composto por nove ilhas no meio do azul do Atlântico, o arquipélago dos Açores propõe-nos uma viagem única. Os Açores são ricos em beleza natural e a melhor parte é que ainda poucos conhecem.

E é por este arquipélago português ser um destino "tão único" e continuar a passar despercebido que a agência Bloomberg elogia os Açores”. No fundo, é “um reino tranquilo de pitoresco charme ibérico e verdes deslumbrantes preenchidos por videiras esculpidas por um dramático histórico de erupções vulcânicas”, descreve.

Açores, o novo destino “quente” de “aventura” a nível global

Mas este não é um dos títulos da Islândia? Para a Bloomberg, mais do que a Islândia, os Açores são o novo destino quente de aventura a nível global. Descubra as razões:

-  Tal como a Islândia, os Açores oferecem belas paisagens que não requerem filtro nas fotos;

- Uma vibração “palpável” de não se estar na América. Prevê-se que em 2017, a Islândia tenha mais turistas norte-americanos que moradores locais, consequência do turismo desenfreado;

- Os Açores são um stopover (paragem) “ultra-conveniente” para quem está a caminho da Europa dos Estados Unidos;

- A expansão da rede de voos para grandes cidades europeias em 2017 da Azores Airlines, que segue o exemplo da estratégia transatlântica da Iceland Air.

Recorde-se que os Açores foram a região do país onde o crescimento turístico foi mais expressivo em 2016.

O jornal Expresso aponta a liberalização do transporte aéreo para o arquipélago, que há dois anos permitiu a entrada de voos “low cost”, como uma das principais razões para a subida em flecha dos Açores no turismo.

De acordo com a Marta Pires, administradora do grupo Bensaúde, citada por este jornal, o arquipélago está finalmente a surgir com um destino turístico de Portugal. Agora, segundo a mesma, os Açores devem focar-se na promoção e na comunicação do destino.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.