Ainda há uma década não podiam celebrar. Aliás, só a ideia de viúvas participarem em algum tipo de comemoração era mal vista. Depois, surgiu a pandemia de COVID-19 e, ao longo de dois anos, as celebrações foram limitadas — ainda que, em 2021, muitos foliões tenham se reunido por todo o país. Mas, este ano, a Índia libertou-se do peso do coronavírus e as cerca de duas mil viúvas desta cidade situada em Uttar Pradesh, norte do país, puderam voltar a festejar o Holi.

"Ficamos chateadas porque não pudemos comemorar o Holi devido ao coronavírus nos últimos dois anos", disse Shakuntala Davi, uma viúva de 72 anos, à AFP.

"Estamos tão felizes agora que não há confinamento. Não tenho palavras para explicar a minha alegria", acrescentou.

Anunciando o fim do inverno e a vitória do bem sobre o mal, o Holi é celebrado com festas de rua, batalhas na água, música, tintas coloridas e todo tipo de rituais ancestrais.

Shakuntala Davi e outras 100 viúvas dançaram, cantaram hinos hindus e foram polvilhadas com tintas coloridas e pétalas de flores no templo Gopinath da cidade.

"Estou muito feliz por ter celebrado o Holi. Muitas pessoas vieram. Foi uma felicidade total", disse Tulasi Rani, outra viúva, à AFP.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.