O relatório anual da Virtuoso, que reúne as tendências das viagens de luxo para o próximo ano, realça que os viajantes querem visitar destinos menos conhecidos e explorar a sua beleza e cultura de forma mais imersiva, apostando em experiências locais.

De acordo com os consultores da Virtuoso, estas são as 5 grandes tendências das viagens de luxo para 2018:

1. Trocar o calor pelo frio. Os viajantes sazonais pretendem viajar para destinos com um clima mais frio, onde a Islândia é a escolha mais popular. Também querem visitar o Alasca, explorar a Antártida e a região Ártica. Uma das viagens de sonho referida no relatório é ver a aurora boreal.

2. Explorar novos destinos é o principal motivo para viajar no próximo ano e os viajantes demonstraram vontade de ir além da sua zona de conforto e experimentar algo inesperado no destino, como andar de balão, fazer tours de helicóptero ou nadar com golfinhos.

3. Viagens multigeracionais. As viagens em família tornaram-se num nicho no mercado e viajar com a família mais próxima é uma tendência que se irá manter em 2018. Entre as experiências esperadas estão alugar uma villa na Europa para uma celebração familiar, fazer um cruzeiro até às Ilhas Galápagos ou fazer snorkeling na Grande Barreira de Corais. Na opinião destes viajantes, uma viagem familiar cria memórias únicas, fotalece os laços familiares e desempenha um papel fundamental na educação infantil.

4. Experiência em África. Para 2018, os destinos mais procurados são África do Sul, Botswana, Quénia e Marrocos. A experiência mais desejada é o safari.

5. Ser um viajante e não apenas um turista. Experiências imersivas que não vêm nos guias e folhetos, conhecer os locais, bairros e pelo caminho fazer descobertas espontâneas são algumas das tendências para 2018. Os viajantes querem conhecer a verdadeira cultura do seu destino e, para isso, procuram experiências gastronómicas, rotas de vinhos, workshops para aprender artesanato tradicional ou até mesmo um novo idioma.

Ainda segundo o Luxe Report 2018, os viajantes preferem acomodações raras, como um iglu na Noruega, um castelo privado ou dormir debaixo das estrelas no deserto. Há também pedidos mais extravagantes, como andar no caça russo MiG-29 ou celebrar um evento pessoal numa das cabines do London Eye.

Com o foco em destinos exóticos distantes, não é de admirar que as viagens internacionais de duas ou três semanas sejam também uma das mais solicitadas aos consultores da Virtuoso.

O relatório também divulgou os destinos mais procurados para 2018, em diversas categorias. Nos destinos emergentes, Portugal surge no último lugar do top 5. À frente estão a Islândia, Croácia, Japão e Cuba respetivamente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.