"Entrar no Guinness é um objetivo, mas para isso temos de cumprir alguns parâmetros e estamos a tratar disso", disse aos jornalistas, no decurso da terceira edição do bolo gigante, que este ano atingiu os 40 metros de comprimento.

No primeiro ano, o bolo de mel, que é exposto e servido à população na Rua da Carreira, na baixa do Funchal, teve 8,34 metros e no segundo alcançou os 33 metros.

"Uma coisa posso prometer: de acordo com aquilo que os comerciantes dizem, existe muita força para duplicar o tamanho do bolo e, quem sabe se no próximo ano criamos um com 80 metros e estaremos no livro de recordes do Guinness", salientou António Gomes.

Bolo de mel gigante
Bolo de mel gigante créditos: Homem de Gouveia/Lusa

O bolo de mel gigante é, na verdade, composto por várias secções, unidas sobre uma fiada de mesas arrumadas ao longo da rua, no centro histórico da freguesia de São Pedro, sendo confecionado com o apoio dos comerciantes locais.

"Cumprimos o objetivo de dinamizar o comércio na Rua da Carreira e verificamos que há quatro anos estava moribundo, as lojas estavam a fechar, os restaurantes estavam fechados, mas agora têm vido a abrir progressivamente", sublinhou o presidente da junta de freguesia.

António Gomes vincou que os comerciantes "estão radiantes" e a freguesia "mais dinâmica", ao mesmo tempo que se promove uma das doçarias mais famosas da Madeira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.