"Este evento tem vindo a consolidar-se e a transformar-se, não só num evento local, mas num evento nacional e até com participação internacional. Para este ano temos uma proposta renovada, com mais e novos atrativos para quem nos visita e não nos esquecemos de quem cá vive", garantiu.

A terceira edição da Festa das Vindimas de Viseu decorre entre os dias 21 e 25, propondo a turistas, visitantes e residentes a descoberta de quintas e paisagens vinhateiras da região, numa intensa experiência enoturística e cultural no Dão.

Durante a conferência de apresentação da Festa das Vindimas, que decorreu ao final da manhã de hoje no Solar do Vinho do Dão, Almeida Henriques recordou que a primeira edição deste evento contou com a participação de apenas cinco quintas, contando este ano com 14 aderentes.

Na rota das vindimas. Conhece todas as regiões vitivinícolas portuguesas?

"É muito gratificante que este ano surjam 14 quintas de cinco concelhos do distrito de Viseu. Esta Festa do Dão virada para o país terá operadores de Viseu, mas também de Nelas, Carregal do Sal, Tondela e Mangualde. É um evento muito importante para Viseu e para o Dão", acrescentou.

Sobre o programa para os cinco dias do evento, o gestor da Viseu Marca, Jorge Sobrado, revelou que no Mercado 2 de Maio será instalado o "Mercado de Vinhos & Sabores", onde cerca de 25 marcas apresentam as suas referências vínicas. Aqui encontrarão também a Praça da Alimentação, uma das novidades desta edição.

Ao longo dos cinco dias, os visitantes poderão assistir a ‘show-cookings' de 'chefs' da região e a 'workshops' vínicos. As vindimas nas 14 quintas aderentes terão lugar no dia 24, sendo esta "uma experiência real de vindima".

Veja também: Estas mãos servem para vindimar. Saiba onde ajudar a apanhar uvas

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.