O atum abandonou a lata onde costuma viver para mostrar toda a sua versatilidade durante o Festival Rota do Atum no Porto Santo, no Vila Baleira Resort. Pelas mãos de vários chefes conceituados, incluindo o Chefe Cordeiro, foram servidos diversos pratos protagonizados pelo atum de Porto Santo, numa verdadeira ode ao paladar.

Após cinco dias do festival, é possível sair convencido de que o atum, nas suas mais variadas confecções, nunca cansa e pode ser saboreado sempre de forma diferente. Seja num risoto ou num prato de sushi, o atum conquista o paladar até de quem pensava que não gostava.

Ao longo da semana, foram dados diversos workshops sobre o atum, abordando tópicos como as suas migrações, as várias espécies de atum e, claro, workshops de cozinha com os vários chefes presentes.

Realizou-se, ainda, um concurso dedicado aos restaurantes locais, com o intuito de apresentar diferentes pratos confeccionados com atum e com a utilização de produtos típicos da ilha de Porto Santo. No final da noite, a grande vencedora foi Diana Melim.

A animação não faltou durante todo o festival, e na última noite, o protagonista foi Herman José que animou a noite com a sua boa disposição e com o recordar de diversas personagens presentes no imaginário de todos os portugueses.

A primeira edição do Festival Rota do Atum terminou no sábado, superando todas as expectativas. Ficou ainda a promessa de que o evento é para repetir já no próximo ano.

O SAPO Viagens viajou para Porto Santo a convite do Vila Baleira Resort.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.