O restaurante anunciou nesta segunda-feira que o generoso cliente, que se identificou somente como "Mike, que estava de visita de Seattle", deixou uma gorjeta de 2.000 dólares (cerca de 1.600 euros) por uma conta de 759 dólares.

Depois de deixar um agrado inicial de 300 dólares, o cliente foi até a cozinha e lá deu 100 dólares a cada um dos 17 integrantes da equipa, disse o restaurante.

O restaurante Boka descreve-se como um lugar exclusivo que serve comida americana e tem uma estrela Michelin.

"Foi incrível que isso tenha acontecido inesperadamente e de maneira fortuita, e que alguém demonstre tanto apreço" disse ao jornal Chicago Tribune Jon Leopold, gerente do estabelecimento.

"Isso não só se trata de dinheiro, mas de passar o tempo com os funcionários na cozinha".

O agrado veio em boa hora para o restaurante, que foi indicado para o prestigiado Prémio James Beard, pelo serviço prestado aos clientes, cujo vencedor será conhecido no dia 7 de maio, em Chicago.

Fonte: AFP

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.