É uma tradição que surgiu na década de 20 do século passado, quando os empregados fabris, muito ocupados e sem tempo para fazerem sopa, resolveram substituí-la por estes pastéis de massa folhada recheados de carne de vaca.

Ao contrário da sopa, estes pastéis podiam ser guardados e consumidos várias semanas depois de feitos, o que era mais uma vantagem para os operários.

O Pastel de Molho era e continua a ser servido tradicionalmente com molho de açafrão, embora alguns prefiram comê-lo seco, com caldo de carne ou até com chá preto.

Anotem aí a receita, se quiserem experimentar.

INGREDIENTES
 (para 10 pastéis)

Para o recheio

* 500 g de carne de vaca
* 1 cebola
* 2 colheres de sopa de azeite
* sal
* pimenta

Para a massa

* 1 chávena de água
* 2 ovos
* 500 g de farinha
* 250 g de margarina
* sal

Para o caldo (por pessoa)

* 3 dl de água
* 1 colher de sopa de vinagre
* sal
* 3 pés de salsa
* alguns fios de açafrão

PREPARAÇÃO

Recheio: Coze-se a carne e passa-se pela a máquina.
 Pica-se uma cebola muito finamente e aloura-se com o azeite. 
Junta-se a carne picada, deixa-se refogar um pouco e tempera-se com sal e pimenta.

Massa: Junta-se a água com os ovos e um pouco de sal e mexe-se muito bem.
 Em seguida vai-se adicionando a farinha a pouco e pouco, trabalhando a mistura.
 Quando se obtiver uma massa que se solte da tigela, tira-se para a mesa e trabalha-se muito bem.

Amassa-se à mão a margarina e divide-se em três partes. 
Estende-se a massa com o rolo e com a ajuda de farinha e espalha-se por cima uma terça parte da margarina.
 Enrola-se.
Estende-se o rolo de massa e cobre-se novamente com mais um terço da margarina.
 Volta a enrolar-se a massa e a estender-se e a espalhar-se a margarina que resta.

Estende-se e enrola-se a massa mais duas vezes sem gordura.
 Em seguida, com uma faca bem afiada e molhada em água, corta-se a massa em rodelas grossas.
 Untam-se estas rodelas com um pouco de azeite e espalmam-se com o rolo.

Dispõe-se uma colher de recheio numa das bordas da rodela e dobra-se de modo a cobrir o recheio. 
Levam-se a cozer em forno forte num tabuleiro untado, ficando a ponta do pastel que ficou dobrada em contacto com o tabuleiro.

Depois de frios, guarde os pastéis numa caixa forrada com papel vegetal.

Caldo: Na altura de servir, leva-se ao lume a água com o vinagre, o açafrão, a salsa e o sal e deixa-se ferver até estar bem amarelo.
 Coloca-se um pastel em cada prato e rega-se com o caldo a ferver, depois de se ter retirado a salsa. Tapa-se um pouco para o pastel abrir e serve-se.

Receita retirada com pequenas adaptações do site www.gastronomias.com

Sigam as minhas viagens no Instagram

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.