A Escócia conta com mais de 100 destilarias ativas. No processo de destilação, a arte está nos detalhes: desde a nascente da água, a origem da madeira do barril, a proximidade do mar ou o clima das montanhas – cada elemento dá um toque de sabor à bebida. E é aqui que mora a magia da degustação.

Eleger um uísque favorito é sempre difícil. Se perguntar qual é o melhor a um escocês, receberá uma resposta diferente por pessoa. Por isso, o melhor mesmo é experimentar e, aos poucos, perceber as diferenças entre um e outro.

Mesmo que não seja um grande apreciador de uísque, inclua alguns destes locais no seu roteiro de viagem. Afinal, na Escócia, o uísque é sinónimo de cultura.

Scotch Whisky Experience, Edimburgo

Scotch Whisky Experience
Scotch Whisky Experience créditos: Visit Britain

Ao lado do Castelo de Edimburgo fica o premiado Scotch Whisky Experience, uma espécie de museu interativo que explica as etapas do processo de destilação com visitas guiadas muito interessantes. É ótimo para quem ainda não sabe muito sobre o assunto. A visita passa por uma réplica de destilaria e o guia de áudio está em português. Escolha a visita com degustação para provar os uísques das diferentes regiões da Escócia.

Destilarias: as 5 regiões principais
As destilarias da Escócia estão divididas em 5 regiões: Speyside, Highlands, Lowlands, Islay e Campbeltown. Como já foi referido, parte da magia do uísque é poder trazer os elementos da região em que foi produzido. Cada uma destas cinco regiões influencia o uísque de forma diferente e dá à bebida características únicas - seja a maresia de Campbeltown, as algas de Islay, ou a água pura das Highlands. Destas cinco, há duas regiões que concentram 80% das destilarias - Speyside e Highlands. Se quiser saber mais sobre cada uma das 5 regiões, vale a pena explorar o guia de destilarias do VisitScotland.

O trilho do malte

O trilho do malte
créditos: Visit Britain

A região das Terras Altas abriga mais da metade das destilarias da Escócia. E aqui, perto de Inverness, fica uma subregião chamada Speyside. Para quem gosta de uísque puro malte, chegou ao paraíso. Mas é necessário programar com antecedência: há 50 destilarias em Speyside, e nem todas oferecem visitas guiadas ou estão abertas ao público. Para ajudar nesta tarefa, existe a Malt Whisky Trail, que lista 9 das destilarias mais famosas, entre elas a Cardhu (Johnny Walker), a Glenfiddich, a Glenlivet e a Strathisla (Chivas Regal).

Como é proibido conduzir após o consumo de álcool, o mais aconselhado é reservar uma visita do tipo excursão (ou então fazer-se acompanhar por aquele amigo que não bebe). Empresas como a Rabbies e a Highland Explorer oferecem "whisky tours" que o vão levar não só às grandes destilarias, mas também às de pequena dimensão, onde os processos são mais artesanais. Estas são, muitas vezes, as destilarias favoritas dos escoceses, que valorizam bastante os pequenos fabricantes. Há opções de excursões a partir de Edimburgo, Glasgow e Inverness.

Festivais de uísque na Escócia
Outra forma de viver uma experiência escocesa de uísque é visitar um dos muitos festivais que acontecem todos os anos. O mais famoso deles é, sem dúvida, o Spirit of Speyside, que acontece entre abril e maio. Mas há outros igualmente interessantes, como o Islay Festival of Music & Malt, que reúne música típica e o uísque de malte da pequena ilha escocesa de Islay, entre maio e junho. Ou, então, o Glasgow Whisky Festival, que este ano está agendado para 11 de novembro. E, ainda, o Dramathon, que é na verdade uma corrida curiosa em Speyside: o participante escolhe o percurso, entre maratona, meia maratona, 10km ou estafeta, e a cada destilaria pela qual passar ao longo do caminho, recebe um carimbo. No final, cada carimbo equivale a uma garrafa em miniatura. Como se costuma dizer, quem corre por gosto não se cansa...

Fonte: VisitBritain

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.