A ideia original vem da cidade de Oregon, nos Estados Unidos, onde uma quinta dá aulas de ioga com a participação de cabras e que se tornou famosa por isso.

Brenda Bood, professora de ioga em Amesterdão e dona da quinta Ridammerhoeve onde cria cabras, começou a ser incentivada pelos seus alunos a dar aulas com a participação destes animais, seguindo o exemplo de Oregon. Brenda ficou a pensar no assunto e resolveu aceitar o desafio. Agora as suas aulas de sábado estão completamente esgotadas.

Os animais interagem bem com as pessoas e cada aula é diferente. De acordo com a instrutora de ioga, "as cabras produzem oxitocina e estar rodeado por elas faz com que o corpo fique mais relaxado".

No final de cada sessão, os alunos podem ainda conviver com os animais e beber um capuccino que leva leite de cabra.

Para saber mais consulte o site e a página de Instagram.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.