Por Miriam Augusto, fundadora e líder de viagens The Wanderlust

Em traços gerais, o objectivo das viagens sustentáveis é gerir os recursos tendo em conta o seu impacto económico, social e ambiental atual e futuro, atendendo às necessidades dos visitantes, da indústria, do meio ambiente e das comunidades anfitriãs. Resumindo, as pessoas deverão ser capazes de satisfazer as suas necessidades e expectativas no presente, sem comprometer as gerações vindouras. Desta forma, além de ser ecologicamente correto, proteger e respeitar as comunidades, cultura e tradições do nosso destino torna também a aventura mais autêntica, emocionante e culturalmente envolvente para quem a desfruta. Aqui ficam algumas práticas sustentáveis a adoptar durante a tua aventura pela Indonésia.

Compra produtos produzidos localmente

Artesão local
Artesão local créditos: Miriam Augusto

Embora existam alguns centros comerciais (shoppings) com representações de cadeias internacionais pelo país, geralmente nas grandes cidades, os mesmos, por norma, são propriedade e investimento estrangeiro. Comprar em pequenas lojas (comércio de rua) e bancas de rua significa que estás a contribuir para o aumento do poder monetário dos seus habitantes, resultando num aumento do seu nível e qualidade de vida. Ao mesmo tempo, garantes que métodos tradicionais na confeção das suas artes não são perdidos para máquinas e linhas de produção em massa.

Ao longo de toda a Indonésia são vários os mercados locais (pasar), sendo um passeio por eles também uma grande parte da experiência indonésia em geral. Além disso, os mercados são o melhor lugar para comprar produtos frescos e artesanato. Compra como um local, apoiando os locais.

Fica alojado em alojamentos de pequena escala e geridos por locais

Muitos dos hotéis, hostels e guesthouses que se encontram na Indonésia, ainda que haja um grande investimento estrangeiro no país, são propriedade local e administrados por famílias indonésias. Em locais mais remotos, é inclusivamente possível ficar alojado em casas familiares de arquitectura típica, permitindo um vislumbre da vida local tradicional, enriquecendo a tua experiência.

Ficar nestes alojamentos ajuda a sustentar a economia local e a manter os negócios familiares em operação. Se optares por um estabelecimento que seja de propriedade estrangeira, assegure-te de que os funcionários empregados são locais e que pelo menos um dos donos é também ele local, antes de reservares a tua estadia.

Faz refeições em restaurantes independentes

Na Indonésia existem vários tipos de restaurantes, sendo os warung e rumah makan os mais tradicionais. Tal como acontece com as opções de alojamento, muitos restaurantes locais são operados por famílias indonésias. Além de proporcionar um impulso à economia local, fazer as refeições num desses estabelecimentos permite-te desfrutar de pratos tradicionais indonésios, muitas vezes feitos a partir de receitas transmitidas através de gerações. A comida é mais autêntica e saborosa e os ingredientes são locais, reduzindo assim a necessidade de importação de produtos. Porque não saborear um nasi goreng em vez de uma massa à carbonara?

Recorre a guias locais

Um dos nossos guias parceiros
Um dos nossos guias parceiros créditos: Viajante Vasco Pereira

Em vez de te juntares a uma tour de um grande grupo de viajantes que foi completamente organizada fora do país, uma alternativa mais sustentável é reservar tours que são operadas em parcerias ou completamente por indonésios. Desta forma, estarás a contribuir para um boost na economia local e terás uma excelente oportunidade de ver aquilo que os outros não veem.

Recorre a várias fontes

Enquanto viajares pelo país, tenta variar os estabelecimentos a que recorres com o intuito de distribuir fundos por toda a comunidade.

Embora possa não ser muito prático mudar de alojamento todas as noites, se ficares num local em particular, por um longo período de tempo, considera a comparação de alguns alojamentos durante a tua visita, ou muda sempre que lá voltares. Experimentar vários restaurantes e cafés, ou mesmo fazer compras em diferentes locais, ajudarão a tornar a tua viagem mais sustentável.

Apoia projectos locais

Antes de tentares ajudar individualmente, considera apoiar uma das várias organizações idóneas que operam no país e localmente. Desde restaurantes, a associações ou mesmo ONG’s a escolha é enorme e desta forma sabes que o teu apoio será aplicado correctamente. Algumas aceitam voluntariado de curta duração, podendo assim enriquecer a tua viagem.

Evita a exploração de pessoas e animais

Orangotangos no seu habitat natural no Parque Nacional Tanjung Puting
Orangotangos no seu habitat natural no Parque Nacional Tanjung Puting créditos: Miriam Augusto

A Indonésia é um país com uma diversidade animal enorme e, infelizmente, como em muitos outros lugares do mundo, tanto pessoas como animais podem, às vezes, ser explorados.

Evita estabelecimentos que empreguem crianças, por exemplo, e garante que quaisquer gorjetas dadas por serviços são mantidas pelo próprio indivíduo ou distribuídas por todo o staff.

Garante que a observação de animais selvagens se dá no seu habitat natural, exibindo o seu comportamento natural e, em momento algum, lhe tentes tocar ou os estimular para entretenimento próprio, nem mesmo alimentar.

Recorre a transportes públicos

Usar transportes públicos é ecologicamente mais vantajoso do que outras opções de transporte e é, ao mesmo tempo, melhor para a economia local. Java é a única ilha com comboio, as restantes têm autocarros locais e entre ilhas há ligações por barco ou avião, sendo que as conexões poderão não ser as melhores. No entanto, o ideal é mesmo viajar como um local e acredita que terás histórias para vida.

No caso de teres de recorrer a táxi, tenta compartilhar com outros viajantes.

Envolve-te com os habitantes locais

Conversar com os habitantes locais pode ser uma óptima forma de ambas as partes aprenderem mais sobre diferentes culturas, promover a tolerância e construir pontes entre diferentes grupos de pessoas. Recorrer a guias, restaurantes e alojamentos locais, proporciona oportunidades únicas e ideais para interagir com os moradores locais num ambiente informal.

Embora, por vezes, sejas capaz de te manter em alerta, tem em conta que a cautela excessiva poder-te-á levar a perder grandes oportunidades de fazer novos amigos.

Respeita a cultura local

Criança Toraja a brincar numa antiga gruta de sepultação
Criança Toraja a brincar numa antiga gruta de sepultação créditos: Miriam Augusto

A Indonésia é um país culturalmente rico, sendo que cada ilha tem a sua própria cultura e, por vezes, religião. Informa-te primeiro sobre a religião e regras de etiqueta do local para onde vais e tenta agir e vestir-te de acordo com as mesmas. Aprende ainda algumas frases em bahasa e usa-as sem receio.

Gere o uso de água

Gerir o uso de água é importante onde quer que se visite, até em nossas casas. No entanto, numa nação onde há locais onde ainda não existe água canalizada, chegando às pessoas através de tanques ou de poços comunitários, a água é um recurso especialmente valioso. As formas de poupar água incluem tomar banhos mais curtos, fechar a torneira quando estiveres a escovar os dentes, só lavar roupa quando necessário, ou até aproveitar o teu banho para o fazeres.

Conserva energia

Sê consciente relativamente ao uso de energia. Pequenos gestos como desligar as luzes, ar condicionado e tomadas quando não estão em uso ou limitar o uso de sistemas de ar condicionado e optar por ventoinhas são apenas alguns dos muitos passos que podes tomar ao viajar na Indonésia.

Respeita o meio ambiente

Uma das maravilhosas praias do Parque Nacional de Komodo
Uma das maravilhosas praias do Parque Nacional de Komodo créditos: Miriam Augusto

Vulcões, cadeias montanhosas, florestas tropicais e mares riquíssimos fazem da Indonésia o país ideal para aventuras ao ar livre. Quando numa das tuas aventuras, sê cuidadoso com o ambiente que te rodeia, tirando só fotografias e deixando nada mais do que pegadas. Lembra-te que os souvenirs retirados do ambiente natural podem ter efeitos devastadores. Deixa a natureza intocada, restringindo-te somente aos caminhos demarcados. Não deites lixo na natureza ou nas ruas. Se não houver caixotes do lixo, leva-o contigo.

Minimiza a produção de resíduos e elimina-os correctamente

Levar uma garrafa e saco reutilizáveis é um passo relativamente pequeno que pode ter um grande impacto no meio ambiente. A Indonésia, não está equipada para lidar com grandes quantidades de resíduos e, tanto as garrafas como os sacos de plástico são especialmente problemáticos para o meio ambiente. Reabastecer uma garrafa (já possível em várias zonas do país) e usar um saco reutilizável nas compras, negando o saco de plástico, pode reduzir drasticamente a quantidade deste tipo de resíduos quando se viaja no país.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.