O relevo calcário do Maciço do Sicó, no centro de Portugal, representa um reduto paisagístico dominado por superfícies secas, com vertentes de rocha nua misturada com vegetação arbustiva mediterrânica. Por aqui, as comunidades rurais estão limitadas pelos recursos hidrícos disponíveis. Numa região onde a água superficial é praticamente inexistente, predominam vales secos e depressões cársicas ocupadas por culturas de sequeiro e pastoreio. As águas escoam de forma subterrânea, numa rede densa de grutas, que alimentam os aquíferos da região.

A poucos quilómetros de Condeixa-a-Nova, a estrada municipal 609 leva à aldeia de Casmilo. Aí é necessário parar o carro e descer a pé até ao Vale das Buracas, um vale com vertentes abruptas e nuas, onde existem vários abrigos rochosos, as chamadas “buracas”. O vale é todo ele magnífico mas as “buracas” são algo de verdadeiramente extraordinário. As fotografias não deixam enganar e, por isso, durante a nossa visita fotografamos esta maravilha de várias perspectivas e eternizamos as nossas memórias em texto e imagem.

Recentemente foi criado um percurso pedestre que tem início na aldeia de Casmilo e percorre a paisagem cársica da região, atravessando campos de lapiás (formas de rocha nua acinzentada, perfurada e lavrada por sulcos mais ou menos profundos e estreitos), vertentes “povoadas” de espécies mediterrânicas, áreas deprimidas ocupadas por milho e alguns produtos hortículas, e oliveiras rodeadas por círculos de rocha calcária. Este percurso pedestre permite conhecer as limitações naturais da região, bem como apreciar a forma como as populações ultrapassaram estes condicionalismos e viveram durante séculos em harmonia com o meio.

Vale das Buracas
Vale das Buracas créditos: Viajar entre Viagens

O Vale das Buracas é a cereja no topo do bolo desse percurso. Os melhores exemplares de “buracas” podem apresentar mais de 10 metros de diâmetro e 5 a 7 metros de profundidade, fazendo com que o Ser Humano pareça um elemento insignificante na paisagem. Os amantes da escalada há muito que descobriram este local e este é um dos seus refúgios.

Este é apenas um dos muitos recantos escondidos e maravilhosos que existem no nosso país. Há muitos mais e o Viajar entre Viagens tenta descobri-los e partilhá-los. A nossa lista de lugares incríveis em Portugal cresce de dia para dia e, um dia, contemplará todos os segredos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.