Nós que o digamos, especialmente o Ricardo (@ricardo_gfs). Esta semana demos um salto à sua antiga escola, em São João da Madeira. Muita emoção e, acima de tudo, muita animação e inspiração. Afinal de contas, um gap year deixa de ser um sonho longínquo quando ouvimos o testemunho de alguém próximo, não é verdade?

A nossa ideia é essa: desmistificar o gap year e mostrar que tu também podes fazê-lo. Queremos dar a conhecer as vantagens e os benefícios, e tornar o conceito acessível a todos.

Voltámos a São João da Madeira para dar palestra, mas não saímos sem provar os famosos pastéis de nata da pastelaria Crispauno. Segundo o Ricardo, “são os melhores pastéis de nata do mundo”. A Marta (@touristing.around), como lisboeta e mestre desta iguaria, tinha de provar. Em vez de terem uma recomendação, agora têm duas e um selo de aprovação!

Ainda dentro do concelho de Aveiro, fomos até Águeda, famosa pelo festival Agitágueda e casa do projecto Umbrella Sky Project. Sabiam que foi em Águeda que nasceu a ideia de criar um céu de guarda-chuvas?

Em 2012, este projeto ganhou vida e as ruas de Águeda encheram-se de cor. O objetivo era cobrir as zonas cinzentas da cidade e deixar um sorriso na cara dos visitantes, servindo-se da cultura portuguesa como inspiração.

Para quem é fã de arte urbana, a cidade tem uma app que ajuda a localizar as várias pinturas e obras espalhadas, incluindo o Pisco do artista Bordalo II.

Pisco, obra do Bordalo II
"Pisco", obra do Bordalo II créditos: Marta Cunha Grilo
Arte Urbana em Águeda
Arte Urbana em Águeda créditos: Marta Cunha Grilo

Nos Açores, os dois viajantes aterraram na maior ilha do Arquipélago: a ilha de São Miguel. Aproveitaram para fazer o tour completo das lagoas, mas não o fizeram sozinhos. No ano passado, o Guilherme (@afonsereno) conheceu o Sr. Gilberto, na ilha das Flores, um guarda florestal que nunca tinha saído da ilha. Depois de muita conversa e troca de experiências, o Guilherme acabou por lhe tirar uma fotografia. Com o intuito de surpreendê-lo com a fotografia impressa, foi à procura do guarda mal chegou. Qual não foi o seu espanto quando lhe disseram que o Sr. Gilberto não estava na ilha das Flores, mas sim na ilha de São Miguel.

Gilberto na Lagoa do Carvão
Gilberto na Lagoa do Carvão créditos: Guilherme Afonso

As circunstâncias levaram a que os dois se reencontrassem em Ponta Delgada e que partilhassem, juntamente com o João (@followthesuntravel), o primeiro dia de passeio.

O tempo não ajudou, mas nem a chuva ou o nevoeiro devem ser impedimento para fazer aquilo que queremos, seja passear ou assistir à 54ª edição do Azores Rallye, a prova que inaugura o Campeonato FIA da Europa de Ralis e do Campeonato dos Açores de Ralis.

O fim-de-semana nos Açores terminou em grande com a ajuda da Associação MOVE, que deu abrigo ao Guilherme. O MOVE é uma ONG, cuja missão está relacionada com o empreendedorismo social aplicado em países em desenvolvimento. A ideia passa então pela ajuda no combate à pobreza através de projetos implementados por jovens.

Acompanha no Instagram @roadtrip_gapyear as aventuras desta semana na ilha de São Miguel, nos Açores, e em Coimbra, cidade que vai ser palco do Gap Year Summit já este fim-de-semana, nos dias 30 e 31 de março. Vem dizer-nos olá e ganhar inspiração junto de viajantes, gappers e organizações de voluntariado. Cá te esperamos!

Artigo escrito por Marta Cunha Grilo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.