A Achada do Gamo fica a pouca distância da aldeia de São Domingos. Há quem visite apenas as minas e fica a perder um dos espaços mais fascinantes.

Achada do Gamo
créditos: andarilho.pt

Se tiver possibilidades faça a visita ao pôr do sol. É muito maior o encantamento da paisagem fortemente moldada pelo homem.

Na Achada do Gamo existiam fábricas de enxofre para onde uma linha de caminho de ferro levava minério.

Primeiro o enxofre era libertado na atmosfera.

Minas S. Domingos
créditos: Who Trips

A partir da década de 40 passou a ser aproveitado e as fábricas ainda estão na memória de José Teixeira, conhecido em São Domingos por Zeca Teixeira. “Era ali tirado o enxofre do minério. O outro minério era aproveitado e transportado para o cais do Pomarão. O enxofre era todo para a CUF.”

Achada do Gamo
créditos: andarilho.pt

É um amplo espaço aberto onde se destacam duas torres que estão em ameaça de derrocada. Uma delas até tem suspenso um enorme pedaço de cimento.

Achada do Gamo
créditos: andarilho.pt

A forma das construções, que se elevam na encosta e com orifícios grandes na parte superior, levam-nos a imaginar dois enorme vigilantes que resistem à erosão do tempo e da poluição. É um espaço cénico que exerce sobre os visitantes um enorme fascínio e é frequente a visita de comunicação social internacional.

Achada do Gamo
créditos: andarilho.pt

O cenário já foi utilizado para filmes comerciais e é recorrente em álbuns de fotografia de arqueologia industrial. Muita gente aproxima-se das torres e segue até ao alto da encosta, próximo de uma chaminé de um forno onde se tem uma vista de conjunto.

Achada do Gamo
créditos: andarilho.pt

Observa-se um lago artificial, algumas casas em ruína, escombros do caminho de ferro e o terreno repleto de pedras.

No caminho de São Domingos para a Achada do Gamo, foram construídos canais por onde seguem águas de cores intensas, vermelhas e acastanhadas. Resultam da intervenção ambiental que está a requalificar as escombreiras e as minas.

Achada do Gamo
créditos: andarilho.pt

A própria corta da mina está coberta de água de cor azul metalizado. É uma enorme cratera na terra avermelhada. A exploração mineira era a céu aberto e já existia desde os romanos que extraiam cobre e prata.

Achada do Gamo
Corta da mina de S. Domingos créditos: andarilho.pt

No passado recente, em mais um século de exploração, foram extraídos 25 milhões de toneladas de minério! A rede de galerias e poços chegou aos 420 metros de profundidade. As minas de São Domingos encerraram em 1966 e chegaram a ter um trabalho continuo para mais de mil pessoas. O bairro mineiro e a aldeia são vizinhos da mina, onde ainda resistem algumas construções.

Achada do Gamo
Antiga central eléctrica créditos: andarilho.pt

Uma delas, muito grande, com uma torre, era a central eléctrica. A torre quebrou e alberga um ninho de cegonha. Antes era muito mais alta. A central eléctrica foi a primeira a ser construída no Alentejo.

Achada do Gamo
créditos: andarilho.pt

Algumas dezenas de metros ao lado restam paredes das oficinas e do cais onde era descarregado o minério. São estruturas fantasma, com paredes grossas e portadas largas que teimam em resistir ao vento e à chuva e são refúgio de aves e arbustos.

Achada do Gamo
créditos: andarilho.pt

Partilham o cenário com o malacate número seis que drenava as águas na mina. A estrutura metálica e de madeira mantém as duas rodas mas revela que já perdeu a força. Em muitos lugares o terreno é árido, revolto em pedras avermelhadas. A vegetação rasteira alterna com pedaços de madeira, cimento, tijolos ou ferro.

Achada do Gamo
créditos: andarilho.pt

A visitação pode ser feita através de várias estruturas de apoio como, por exemplo, a Rota do Minério que passa por 12 pontos de interesse. Parte do percurso circular acompanha a antiga linha férrea. Tem 14 quilómetros de distância, o trajeto está sinalizado e junta as rotas do contrabando.

Achada do Gamo
créditos: andarilho.pt

No trajeto entre a aldeia e a Achada do Gamo é frequente encontrar muita gente de bicicleta.

Achada do Gamo
créditos: andarilho.pt

Nos dias de calor, vá preparado para um mergulho na praia fluvial da Tapada Grande que aproveita a água de uma albufeira que abastecia a mina. É muito bonita e fica mesmo ao lado dos caminhos para a mina.

Achada do Gamo
créditos: andarilho.pt

A deslumbrante Achada do Gamo nas minas de S. Domingos faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.