O edifício cor de rosa, com uma esplanada, vive do contágio do frenesim da praça da Fonte Nova, que é o coração do bairro de Troino.

Mercearia Confiança de Troino

No entanto, quando entramos na mercearia, passamos para um ambiente calmo e, de certa forma, nostálgico.

“A mercearia está toda de origem. Foram recuperados alguns móveis, mas continua tudo de origem. A mercearia foi fundada pelos pais do sr. Eduardo. Ele ainda é vivo e vem-nos visitar quase todos os dias.”

Mercearia Confiança de Troino
créditos: andarilho.pt

Foi Manuela Apolinário que nos recebeu. O sorriso de boas vindas revela algum encanto sobre a Mercearia Confiança de Troino onde trabalha e que neste século de existência esteve fechada apenas durante três anos. Entre 2012 e 2015.

Mercearia Confiança de Troino
créditos: andarilho.pt

O proprietário, Eduardo Silva, restaurou o interior e um protocolo com o município de Setúbal permite que as portas estejam abertas em permanência. Com dois objectivos. Um espaço de visitação/pedagógico e também turístico.

Mercearia Confiança de Troino
créditos: andarilho.pt

As paredes estão tapadas com móveis.  Nas prateleiras vemos uma grande diversidade de produtos. Algumas estão “fechadas a vidro e têm produtos apenas para exposição. Nas outras, que estão abertas, é tudo de produtos regionais de Setúbal.”

Mercearia Confiança de Troino
créditos: andarilho.pt

Acrescenta Manuela Apolinário que quem quiser pode comprar alguns destes produtos ou provar na esplanada.  “Podem comer uma tábua de queijos, chouriço assado, bebidas, doces. Há sempre um serviço que se pode prestar ao cliente.”

Mercearia Confiança de Troino
créditos: andarilho.pt

Nas prateleiras há ainda caixas de recordações. De bolachas, lápis, produtos de barbear, cromos de futebol... E muitas garrafas antigas. Vemos também vários instrumentos de medida que captam a atenção nas visitas escolares.

Mercearia Confiança de Troino
créditos: andarilho.pt

“Ficam muito intrigados porque não conhecem as medidas, as balanças. Com a faca do bacalhau é o mesmo. Eles vão ao supermercado tiram um pacote de leite... está tudo embalado. Aqui veem como se vivia antigamente. Através das medidas, dos alqueires, tiramos as coisas e vemos o peso na balança.”

Mercearia Confiança de Troino
créditos: andarilho.pt

A faca do bacalhau está próximo da balança antiga, de máquinas de venda de líquidos e dos frascos de vidro com rebuçados e caramelos. Na prateleira inferior são vários os produtos de higiene. Restauradores de cabelo e pastas medicinais.

Mercearia Confiança de Troino
créditos: andarilho.pt

“Há produtos que têm continuidade e nós gostamos de continuar a vender.” Um desses produtos é a placa de cartão onde se faz um furo e sai uma bola.

Mercearia Confiança de Troino
créditos: andarilho.pt

Calhou-me uma bola vermelha. Sinal de que o prémio era um chocolate. Uma doce recordação de há algumas décadas atrás.

Mercearia Confiança de Troino
créditos: andarilho.pt

Mercearia Confiança de Troino: a fazer um século de história em Setúbal faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.