De sexta-feira, 1 de setembro, a domingo (3), quem visitar a zona ribeirinha do Tâmega, em Marco de Canaveses, vai ter a oportunidade de viajar até ao tempos de Dona Mafalda de Sabóia, a primeira rainha de Portugal. Na sétima edição do Mercado Medieval de São Nicolau, será recriada a história e cultura local com presença de vários grupos de saltimbancos, contadores de histórias, músicos e bailarinos.

"O evento vai na sua sétima edição e tem como principal objetivo honrar o legado presente na região deixado por Dona Mafalda de Sabóia, a primeira rainha de Portugal, onde edificou uma albergaria para prestar cuidado aos peregrinos de Santiago de Compostela, aos doentes e mendigos, assim como terá contribuído para a reconstrução da ponte romana aí existente de modo a facilitar a travessia dos referidos peregrinos", explica a organização em comunicado.

A edição deste ano concentra-se no casamento de uma das herdeiras do couto, reunindo-se o povo para celebrar o matrimónio entre a sua senhora e um dos mais nobres senhores da região. Segundo a organização, Dona Mafalda abençoa a união e auxilia a jovem donzela nas dúvidas quanto ao casamento e aos seus deveres enquanto mulher.

Entre as novidades desta edição destaca-se a simulação da travessia do rio Tâmega por uma barca medieval.

O Mercado Medieval de São Nicolau é um evento promovido pela Junta de Freguesia do Marco com o apoio da Câmara Municipal de Marco de Canaveses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.