Ficam no concelho das Lajes e são sete as caldeiras (ou lagoas) que se situam na ilha mais ocidental de Portugal.

Caldeira Branca

A Caldeira Branca foi a primeira das sete lagoas que vimos e, apesar do seu nome, ficámos deslumbrados com os imensos tons de verde e amarelo que a rodeiam.

Lagoa Branca
Lagoa Branca créditos: Mais pra Lá

Caldeira Rasa e Caldeira Funda

As Lagoas Rasa e Funda situam-se numa Reserva Natural com o mesmo nome e com uma flora caracterizada pelas coloridas hortênsias que lhes conferem uma beleza ainda mais impressionante. Mais incrível ainda é a diferença de altitude entre estas duas lagoas separadas apenas por uma pequena estrada: a Lagoa Rasa a 530m acima do nível do mar e a Lagoa Funda a 360m. Impressionante, não é?

Lagoas Rasa e Funda
Lagoas Rasa e Funda créditos: Mais Pra Lá

Caldeira Negra e Caldeira Comprida

Apesar de tão distintas, temos de falar destas duas lagoas em conjunto, uma vez que ficam tão próximas uma da outra e que juntas criam uma paisagem tão deslumbrante. A Lagoa Negra adota este nome pela profundidade das suas águas, e a Lagoa Comprida pela sua forma tão diferente das restantes. O Miradouro das Lagoas é o melhor local para vislumbrares estas duas caldeiras e um dos principais pontos desta ilha!

Caldeira da Lomba

Mais distante das restantes, a Caldeira da Lomba é também a mais pequena. É uma lagoa mais térrea e por isso o acesso às suas margens é relativamente fácil. Mesmo junto à estrada, faz parte de um tranquilo passeio pelo interior da Ilha das Flores.

Lagoa da Lomba
Lagoa da Lomba créditos: Mais Pra Lá

Caldeira Seca

Tal como o nome indica, esta Lagoa encontra-se sem água durante a maior parte do ano, à exceção do inverno. Como a visitámos na primavera, estava já vazia mas repleta de vegetação. Não conseguimos, no entanto, vislumbrar nenhuma das aves que caracterizam a fauna desta caldeira. Com algum tempo e paciência, pode ser que tenhas mais sorte!

Lagoa Seca
Lagoa Seca créditos: rutenorte.com

Deixamos-te aqui as nossas dicas para melhor visitares as lagoas da Ilha das Flores:

  • Se fizeres o Trilho PR03 FLO vais passar por quatro das sete lagoas desta ilha. Este trilho começa precisamente no Miradouro das Lagoas Negra e Comprida, passando ainda pelas Caldeiras Seca e Branca, indo terminar no Poço do Bacalhau na Fajã Grande. Um trilho lindíssimo!
  • Os conjuntos de lagoas não ficam próximos uns dos outros pelo que vais precisar de um meio de transporte para te deslocares entre elas e o melhor é mesmo ires de carro.
  • Sobe ao Morro Alto, o ponto mais alto da Ilha das Flores para teres a melhor vista sobre a Caldeira Branca e uma perspetiva 360º sobre a ilha. Este ponto é acessível de carro através de uma estrada em terra batida.
  • Percorre a estrada que vai desde a ER2-2 até à Lagoa da Lomba. Vais ficar deslumbrado!
  • Uma vez que as lagoas ficam maioritariamente do lado oeste da Ilha das Flores, a melhor localização para te hospedares se as pretendes visitar é a Fajã Grande. Nesta aldeia, recomendamos-te o Sítio da Assumada para te alojares durante esta estada.

Se não sabes bem como planear uma viagem aos Açores ou não tens tempo para o fazer, nós podemos ajudar-te: fala connosco! Vê também mais sobre a nossa passagem pela Ilha das Flores no nosso Instagram.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.