Fazer um passeio de barco para ver Benagil e todas as outras grutas que se encontram na área é verdadeiramente inesquecível. O Algar de Benagil, pode ser a gruta mais famosa, mas há muito mais para ver ao longo da bonita costa algarvia.

Embora esteja localizada perto da praia de Benagil, o Algar só pode ser alcançado pelo mar. Claro que podemos caminhar até ao topo, onde fica o buraco do teto e ver a gruta de cima, mas isso não consegue bater a experiência de entrar dentro da própria gruta, por isso o melhor é ir de barco ou de caiaque.

Eu resolvi ir de barco. O passeio saía de Portimão às 08:00 da manhã e durou cerca de 2 horas e meia. No caminho, consegui ver muitas formações rochosas interessantes, bonitas praias e observar algumas aves marinhas.

Antes de chegar ao famoso Algar de Benagil, visitamos muitas outras grutas que existem em Portimão, Carvoeiro, Benagil e Praia da Marinha. Como o barco era pequeno, baixo e levava um pequeno grupo pessoas (só 4) foi possível entrar em quase todas, visitar por dentro e apreciar a sua beleza natural. Há imensas! Algumas estão escondidas, mas são realmente deslumbrantes.

Depois chegamos ao Algar e percebemos porque está classificado como uma das 10 mais belas grutas do mundo. O lugar é mesmo uma maravilha geológica, é muito bonito. Quando entramos dentro da gruta, podemos ver o céu através da abertura que fica no teto e o sol refletido na cor alaranjada da rocha que contrasta muito bem com o azul do mar.

Um algar é uma cavidade natural que pode ter várias origens. Pode ser o resultado de uma erupção vulcânica, em que a lava sobe do interior da terra e recua com alguma rapidez, deixando uma caverna aberta no seu lugar (como o algar do carvão na Ilha Terceira) ou pode ser escavado por águas que sobem e descem, como é o caso de Benagil.

Disseram-me que agora é proibido os barcos desembarcarem na praia do Algar de Benagil, mas que muitas pessoas com o seu próprio barco continuam a fazê-lo. Em todo o caso, para garantir que conseguem caminhar na praia que fica no interior da gruta, provavelmente o melhor é ir de caiaque ou de paddleboard, saindo da praia de Benagil — dessa forma, podem chegar até ao areal.

Algar de Benagil (Portugal)
créditos: Pixabay

Foi uma manhã muito bem passada. Como estávamos no outono, não havia muita gente (suponho que no verão não seja assim). O passeio foi bastante sossegado, mas passou rápido. As memórias, essas, ficam para sempre...

Recordar esse dia só me faz pensar que quando tudo isto acabar e for seguro voltarmos a sair de casa sem preocupações, aquilo que mais me apetece fazer é voltar a passear pelo nosso Portugal e redescobrir lugares maravilhosos como o belo Algar de Benagil. Vocês não?

Sigam as minhas viagens mais recentes no Instagram

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.