Com base em valores como a honestidade e a generosidade, bem como regalias a nível de saúde, educação ou mesmo o rendimento, o “World Happiness Report” elegeu os países mais felizes do mundo, colocando Portugal na 89º posição.

Para este “Dia Internacional do Riso”, celebrado a 18 de janeiro, a momondo diz-lhe quais os 5 países mais felizes do mundo e o que de melhor têm para lhe oferecer.

1. Noruega

noruega
Ilhas Lofoten créditos: pixabay

Conhecida por muitos graças ao seu famoso bacalhau, a Noruega subiu para o primeiro lugar no índice de países mais felizes do mundo e tem muito mais para lhe oferecer do que a sua capital, Oslo. As Ilhas Lofoten, por exemplo, são um aglomerado rochoso coberto de casas vermelhas e barcos de pesca. O ferry de Hurtigruten faz o percurso entre as ilhas desde o porto principal de Svolvær, e terá certamente muita caminhada, caiaque e ciclismo para se entreter.

Com uma paisagem que lhe oferecerá vislumbres magníficos de terreno rochoso, incluindo Fløya e um mar pálido frequentado por cachalotes, nesta ilha poderá fazer pesca de alto mar no maior recife de água fria do mundo e petiscar o bacalhau (klippfisk) que vê a secar ao ar livre.

2. Dinamarca

Dinamarca
Dinamarca créditos: pixabay

Além de ser o segundo país mais feliz do mundo, a Dinamarca é também rica em cultura. Se estiver a pensar visitar este país, espere até Maio. De 30 de maio a 3 de junho poderá assistir ao vigésimo aniversário do Distortion: um espetáculo de uma semana que começou em 1998 e celebra a música de dança emergente.

Sendo um evento anual, o Distortion conta com festas de rua gratuitas durante o dia, noites animadas nas discotecas e um festival de encerramento de dois dias nos armazéns do descampado industrial da cidade, Refshaleøen.

3. Islândia

Islândia
Islândia créditos: pixabay

Não se pode falar na Islândia sem se imaginar a… Aurora Boreal. Enquanto antigamente era confundida com anjos que dançavam nos céus, hoje é um fenómeno procurado por muitos turistas. Bem a norte, Akureyri é a segunda maior cidade da Islândia e oferece-lhe muitas distracções enquanto espera pelo espectáculo de luzes: cafés artísticos, restaurantes da moda e pequenas lojas ladeiam as ruas, todas alimentadas pelo Eyjafjörður, o fiorde mais comprido do país.

Quando a noite chegar instale-se na floresta Kjarnaskógur ou na estância de esqui vizinha para vislumbrar a Aurora Boreal com maior detalhe. Para os corajosos, a vista da Ilha Grímsey, literalmente ao lado do Círculo Polar Ártico, oferece-lhe uma vista privilegiada do espetáculo.

4. Suíça

Suíça
Suíça, Lausanne créditos: pixabay

Não saboreie apenas os gulosos chocolates suíços à distância… viaje até Lausanne, uma cidade pacífica sobre as margens do Lago de Genebra, e conheça a Cidade Velha medieval – onde encontrará uma catedral gótica e ruelas cheias de cafés, chocolatarias e pequenas lojas.

Na zona da Flon poderá encontrar tudo o que precisa para uma noite bem passada. Explore os variados museus e aprecie as vistas à beira-lago em Ouchy – que tal marcar passagem num barco a vapor vintage e navegar pelas águas calmas? Se gostar de caminhar, aventure-se pela torre de observação da Floresta Sauvabelin.

5. Finlândia

Finlândia
Finlândia, Tampere créditos: pixabay

Sabia que a terceira maior cidade da Finlândia está rodeada de quase 2000 lagos, todos acessíveis a partir do centro da cidade? Tampere é um destino de verão muito requisitado para nadar, passear de caiaque e praticar todo o tipo de atividades ao ar livre.

O centro da cidade, relativamente pequeno, está rodeado de lojas vintage eclécticas e casas de tijolo vermelho e num dia já terá visitado tudo. O Mercado é a opção ideal para almoçar se estiver à procura de um prato típico, servindo muitas porções do chouriço de sangue regional de Tampere, acompanhado, naturalmente, do tradicional doce de arando vermelho.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.