Nada como começar a sua descoberta do arquipélago na capital. São Tomé respira história. É aqui que encontra o Palácio Presidencial e a Catedral da Nossa Senhora da Graça, bem como o Forte de São Sebastião – o primeiro edifício defensivo erguido em São Tomé no século XVI. Vale ainda a pena ficar a conhecer melhor o país no Museu da história de São Tomé.

O CACAU E O CAFÉ

São tomé e príncipe: o encontro da natureza com séculos de história
créditos: Paulacastelli/CC BY-SA 4.0

Aproveite também para se deliciar com duas das iguarias e maiores riquezas do país: o cacau e o café. Poderá descobri-los no animado e colorido mercado da cidade, que merece algumas compras e muitas fotografias. A planta original do cacau foi trazida da Bahia pelos portugueses em 1819 e deu-se tão bem que, no final do século XIX, São Tomé e Príncipe se tornou o maior produtor mundial de cacau. No seu auge, existiam mais de 70 roças, algumas das quais hoje se encontram convertidas em alojamentos locais e hotéis que pretendem atrair o turista que valoriza a sustentabilidade e o contacto com a população. Já o café chegou a estas paragens em 1787, com a colonização, a partir do Brasil. O aroma intenso com sabores cítricos e os aromas florais colocam o café santomense entre os melhores do Planeta.

TESOUROS NATURAIS

São tomé e príncipe: o encontro da natureza com séculos de história
créditos: Philippe Bourachot/CC BY-SA 3.0

Nas ilhas de São Tomé e Príncipe abundam não apenas o cacau ou o café. A sua origem vulcânica torna-as muito férteis e um ecossistema rico em flora e fauna. Prova disso é o Parque Natural Obô, área protegida de 300 km2, que se divide entre as duas ilhas. Habitam aqui espécies raras, algumas em vias de extinção exclusivas da região. O parque destaca-se ainda pelo Pico Cão Grande que, com cerca de 660 metros de altura, é um dos cartões-postais da região sul de São Tomé

Uma das formas de conhecer mais de perto a riqueza natural do arquipélago é aventurar-se numa viagem de piroga pelo rio Malanza, ainda no sul da ilha. Vai ficar fascinado com a maior área de mangais da ilha e não se admire se conseguir observar macacos, lagaias (raposas) e javalis por ali perto.

Já no centro da ilha não deixe de se maravilhar com a Cascata de São Nicolau. A vegetação exuberante contrasta com o ar fresco vindo das águas e conquista qualquer visitante.

São Tomé e Príncipe: o encontro da natureza com séculos de história
créditos: Hulond

A natureza marca também presença na Ilha do Príncipe, reconhecida como Reserva Mundial da Biosfera. Sabia que nos seus pouco mais de 140 quilómetros quadrados, só esta ilha alberga mais de 40 espécies endémicas, ou seja, espécies que só existem no Príncipe? Não admira que São Tomé e Príncipe seja conhecido como as Galápagos de África!

O Ilhéu das Rolas é outra das pérolas do arquipélago. Às paisagens de cortar a respiração e praias de sonho junta-se um dos mais belos marcadores equatoriais do Mundo — O Padrão do Equador. O pequeno monumento erigido em 1936, a partir dos trabalhos geodésicos e astronómicos realizados por Gago Coutinho entre 1916 e 1918, em São Tomé, ainda mantém a sua beleza.

MERGULHOS E MAIS MERGULHOS

São tomé e príncipe: o encontro da natureza com séculos de história
créditos: João Ferreira/Unsplash

Se busca um pedaço de paraíso, não procure mais. As praias de São Tomé e Príncipe oferecem-lho com as suas areias douradas e águas cristalinas. Aproveite para observar baleias e golfinhos ou simplesmente para uns banhos de sol e mar. Da lista de praias obrigatórias fazem parte a Jalé, um dos principais spots de desova das tartarugas marinhas, no sul de São Tomé; ou a Lagarto, situada na capital a caminho do aeroporto.

No Príncipe não deixe de desfrutar da praia Banana, a mais famosa da ilha. O ilhéu Bom Bom é outro ponto de paragem para os amantes de praia no Príncipe, sobretudo para os fãs das baleias. Os cetáceos atravessam estas águas entre julho e setembro para chegarem aos locais de acasalamento.

São Tomé e Príncipe é um excelente destino para os adeptos do mergulho e da pesca desportiva. Entre as muitas espécies presentes nas suas águas estão o espadarte, o atum, a barracuda ou o peixe-serra.

TRADIÇÕES E GASTRONOMIA

São Tomé e Príncipe: o encontro da natureza com séculos de história
créditos: Ji-Elle/CC BY-SA 4.0

Do mar para terra firme, não se esqueça dos tradicionais souvenires para familiares e amigos. O artesanato é uma das melhores opções e inclui sobretudo obras em madeira, cestaria e peças à base de conchas do mar. E por falar em recordações, não deixe de guardar para sempre na memória o Tchiloli — uma forma de teatro com origem portuguesa, na qual música e dança acompanham histórias de amor e traição.

Os sabores são também inesquecíveis para quem por aqui passa. Na ementa encontra os mais comuns calulu ou a mandioca; outros são bem diferentes como a fruta-pão, a banana-maçã ou o micocó, este último com fama de afrodisíaco.

São Tomé e Príncipe é um pequeno paraíso de turismo sustentável e responsável, que respeita e conserva o meio ambiente ao mesmo tempo que melhora as condições de vida da população local.

Do que está à espera? Aproveite os voos para São Tomé e parta à descoberta deste destino dois-em-um que o vai, de certeza, surpreender.

Telavive desde 183€