“Foi há mais de três anos, num dia de verão, que fiquei um pouco perplexo a observar a casa de um velho médico, numa pequena cidade portuguesa, país de onde vem a minha família. Já tinha visto aquela casa muitas vezes, desde que era pequeno… Nesse dia, e não sei bem porquê, talvez fosse da luz ou algo sentimental, mas consegui olhar para mim próprio desde fora: um rapaz a desenhar casas solitárias em espaços amplos e limpos, debaixo de um céu cristalino e de cor azul pastel, com nuvens a decorar”, começa por dizer Manuel Pita, em declarações ao site Bored Panda.

Manuel Pita, também conhecido como Sejkko, é um artista fotográfico de origem portuguesa, a viver atualmente em Lisboa, que adora a solidão em que vivem certas casas. Para ele, é um reflexo de uma imagem bonita e inspiradora.

Este trabalho de fotografia foca-se na criação de narrativas visuais minimalistas, com retoques (em edição de imagem) de cores e fundos para obter um céu limpo e cenários mais límpidos. À primeira vista, as imagens podem parecer simples devido ao minimalismo, mas elas têm um senso estético quase poético.

“As fotografias começaram a ser captadas com o meu telemóvel, mas este projeto levou-me comprar máquinas mais sofisticadas, obter softwares de edição de fotografia, ter mais atenção aos detalhes, mais consciência para captar a essência da casa… Comecei a vê-las como objetos complexos, mas agora veja-as como organismos, com veias, músculos e estrutura óssea”, diz Pita.

Veja algumas desses trabalhos na fotogaleria abaixo e tente encontrar a casa portuguesa. Deixe o seu palpite na caixa de comentários.

*A propriedade inteletual e os direitos das obras/imagens mostradas neste artigo correspondem inteiramente ao autor citado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.