É numa elevação de 1441 metros de altitude que se situa esta "espécie" de objeto voador não identificado (UFO, na sigla inglesa) que tem chamado a atenção dos viajantes mais exploradores que rumam até a Bulgária. O monte Buzludzha, no centro do país, guarda o monumento com o mesmo nome.

É um símbolo do comunismo na Bulgária. Foi inaugurado em 1981 em homenagem ao grupo de socialistas, liderados por  Dimitar Blagoev, que, em 1891, fundou, naquele lugar, o Partido Socialista Búlgaro, o antecessor do Partido Comunista. Antes disso, o lugar já tinha um significado heróico pelas batalhas travadas por rebeldes búlgaros contra o Império Otomano.

O monumento gigante de betão está repleto, na parte de dentro, de mosaicos que fazem referência ao Partido Comunista Búlgaro. Conheça-o através da galeria de fotos.

Após a queda do governo comunista, em 1989, o Buzludzha foi abandonado e alvo de vandalismo. Atualmente, o monumento está degredado e é considerado perigoso. Ainda assim, tem sido uma atração turística, entrando para muitos tops dos lugares abandonados mais fascinantes do mundo.

Por parte dos governos búlgaros não tem havido planos para reabilitar o monumento. Contudo, existe uma fundação que quer recuperar o edifício e transformá-lo num centro cultural, com museu, concertos, performances e outros eventos. Pode saber mais no site oficial do The Buzludzha Project.

Buzludzha
Buzludzha Monument créditos: Xiao Yang

Se ficou com vontade de conhecer este monumento comunista degredado saiba que, desde janeiro de 2018, guardas estão a tomar conta do espaço para evitar a entrada de visitantes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.